25 C
Serra
sábado, 05 de dezembro de 2020

Maiores de 60 anos terão horário especial para votar | Veja outras medidas para as Eleições

Leia também

Prefeitura diz que dinheiro em caixa é maior do que dívida consolidada

A gestão atual da Prefeitura da Serra está prometendo deixar o comando do Município com R$ 485.907.651,01 de dinheiro...

Vidigal define equipe para transição de governo. Veja quem são os escolhidos

Após ser escolhido para ser o prefeito da Serra pelos próximos quatro anos, Sérgio Vidigal (PDT) já montou a...

Vice-prefeito eleito cancela agendas após esposa testar positivo para coronavírus

O vice-prefeito eleito da Serra, Thiago Menezes Carrero (Cidadania), cancelou suas agendas externas para os próximos dias. A decisão...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Atualmente, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), a Serra possui 327.670 eleitores aptos para esta eleição. Foto: Divulgação

Falta menos de um mês para a eleição que irá eleger vereadores, prefeito e vice-prefeito. O primeiro turno será realizado no dia 15 de novembro e caso haja segundo turno na Serra, acontecerá 15 dias após o primeiro, no 29 de novembro.

Atualmente, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), a Serra possui 327.670 eleitores aptos para esta eleição. Esse número permite que a cidade tenha segundo turno, caso nenhum dos candidatos obtenha 50% dos votos válidos mais um.

Vale lembrar, que por conta da pandemia do coronavírus, serão tomadas medidas sanitárias para reduzir o risco de aglomerações no dia da votação e também distribuir melhor o fluxo de eleitores nos locais de votação.

Uma das mudanças será no tempo de votação. No dia da eleição será ampliado em 1 (uma) hora – as eleições ocorrerão em 2020 das 7 horas às 17 horas.

Sendo que do horário de 7hs às 10hs, será preferencial para pessoas maiores de 60 anos e de 10hs às 17h, para o público normal.

É importante ainda frisar que cada eleitor deve levar caneta, máscara (uso obrigatório sem ela não entrará na seção), identidade e título de eleitor.

Em relação às medidas de preservação da saúde de quem vai trabalhar nestas eleições, a Justiça Eleitoral vai fornecer aos mesários máscaras de proteção facial em quantidade suficiente para que sejam substituídas a cada quatro horas, viseiras plásticas (face shields), álcool em gel de uso individual para higienização das mãos e álcool 70% para higienização das superfícies (mesas e cadeiras) e objetos (canetas) na seção eleitoral.

Já o fluxo de votação definido para o dia 15 de novembro inclui distanciamento mínimo de um metro na fila e também dentro da seção, entre mesários e eleitores; apresentação do documento oficial com foto à distância; orientação para o eleitor levar a própria caneta para assinar o caderno de votação e higienização das mãos do eleitor antes de fazer essa assinatura.

Quando a urna for habilitada, o eleitor deverá se dirigir à cabine de votação, digitar os números dos seus candidatos e apertar a tecla “confirma” após cada voto. Ao final, deverá higienizar as mãos com álcool em gel novamente e se retirar da seção eleitoral.

Os protocolos foram estabelecidos no Plano de Segurança Sanitária das Eleições 2020, elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral conforme as recomendações da Organização Mundial de Saúde e com a consultoria da Fiocruz e hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!