27.3 C
Serra
terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Limpeza, hidratação e reequilíbrio do PH das orelhas auxiliam prevenção da otite em cães e gatos

Leia também

Emprego: Sine abre 101 vagas para início imediato na Serra

Os moradores da Serra que estão procurando uma oportunidade de emprego terão uma nova chance nesta quarta (11) e...

Polícia prende quatro homens por rombo de R$ 200 mil nos Correios

Na manhã desta quarta-feira (10) a Polícia Federal em parceria com a Polícia Militar identificou o possível esconderijo do...

Fortlev investe no mercado de energia solar

Líder nacional no mercado de caixas d’ água, inclusive com atuação até fora do país, a Fortlev acaba de...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Frequente em cães e gatos, a otite é uma enfermidade caracterizada pela inflamação das orelhas. “Trata-se de uma doença provocada por diferentes fatores, como dermatopatias, doenças endócrinas e imunomediadas, conformação das orelhas (orelhas pendulares e com pele muito pregueada), excesso de produção de cera, falta de limpeza, dentre outras, favorecendo a infecção por bactérias, fungos e ácaros e provocando intenso incômodo e dor aos animais, o que interfere diretamente na qualidade de vida”, explica Jaime Dias, médico veterinário e coordenador técnico da área de animais de companhia da Vetoquinol.

O tutor deve estar atento aos sintomas. Cães e gatos com otite podem balançam a cabeça com frequência e/ou a mantém inclinada para um dos lados. Há coceira excessiva (prurido), a pele pode ficar avermelhada, apresentam dor quando o animal coça ou ao toque, presença de secreção ou excesso de cera no conduto auditivo, que vem acompanhada de mau cheiro.

A otite tem tratamento, mas o ideal é preveni-la, evitando que o animal sofra seus efeitos. “O mais simples é também o mais importante; o tutor deve manter as orelhas do pet limpas, hidratadas e com o pH equilibrado. Ao manter a higiene do local, as chances dessa doença aparecer, são menores”.

Ocorrendo a otite, o tratamento pode incluir limpeza das orelhas, lavagens, medicamentos e em alguns casos, procedimentos cirúrgicos, a depender do diagnóstico do paciente. “Apenas um médico veterinário está apto a realizar este diagnóstico. Portanto, em caso de suspeita, o tutor deve procurar um profissional”, sugere Jaime Dias.

Solução em limpeza: A Vetoquinol acaba de lançar no Brasil uma solução que auxilia na limpeza das orelhas e prevenção das otites. Trata-se de Sonotix, que promove a limpeza de forma rápida e profunda, reequilibrando o pH, hidratando a pele e, desta forma, contribuindo para a manutenção da saúde das orelhas, auxiliando a prevenção dessa doença. Além de remover o cerúmen de modo rápido, neutraliza o odor, devido à fragrância de limão.

A solução pode ser utilizada na limpeza de rotina para manter a saúde das orelhas ou quando o animal já estiver acometido por otite, pois prepara a pele da orelha para a utilização do tratamento recomendado pelo médico veterinário. “Sonotix também pode ser utilizado após a recuperação do animal, evitando o reaparecimento da otite. Outra recomendação é a utilização após o banho ou após a realização de exercícios em água”, orienta Jaime Dias. “Sonotix limpa em média até 60 orelhas e já está disponível nos pet shops”, finaliza o especialista da Vetoquinol.

Comentários

Mais notícias

Polícia prende quatro homens por rombo de R$ 200 mil nos Correios

Na manhã desta quarta-feira (10) a Polícia Federal em parceria com a Polícia Militar identificou o possível esconderijo do grupo que estava assaltando agências...

Fortlev investe no mercado de energia solar

Líder nacional no mercado de caixas d’ água, inclusive com atuação até fora do país, a Fortlev acaba de entrar num outro negócio para...

WhatsaApp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado mostrou o WhatsApp como principal fonte de informação dos entrevistados: 79% disseram receber notícias...

Caixa começa a pagar décimo terceiro do Bolsa Família | Veja quando receber

Os beneficiários do Bolsa Família começarão a receber nesta terça-feira (10) o abono natalino, equivalente ao décimo terceiro do benefício. Instituído pela Medida Provisória...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!