28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Líder comunitário denuncia incêndio criminoso em área de mata na Praia da Baleia

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Os moradores da Praia da Baleia, na Serra, sofreram com uma forte fumaça advinda de um incêndio numa região de mata, que de acordo com o líder comunitário do bairro, foi criminoso. O fogo começou no final da tarde da quinta-feira (23) e varou a noite. A fumaça era tanta que tomou conta dos condomínios Praças Reserva e Sauípe.

Segundo Bruno Puppim, que é o presidente do bairro, ainda há fagulhas de fogo na região que é de mata fechada e refúgio de animais silvestres. “Um absurdo o que aconteceu nesta quinta-feira (23). Moradores de uma área de invasão do bairro Feu Rosa, criminosamente colocaram fogo na área de reserva ambiental que pertence ao condomínio Praças Reserva”, denuncia o líder.

Puppim ainda disse que moradores que possuem problemas respiratórios sofreram com a fumaça do incêndio. “Ligamos para o Corpo de Bombeiros, mas não deram conta de apagar as chamas dentro da mata. Queimou a noite toda e continua com pequenos focos”.

Bruno ponderou que a região é uma área onde diversos animais silvestres vivem. “O que demonstra a covardia desse tipo de gente que quer lucrar com a destruição do meio ambiente. Tomaremos todas as providências junto as autoridades da prefeitura e poder judiciário para que esse crime ambiental seja freado”, disse.

Vale lembrar que provocar incêndio em mata ou floresta é crime ambiental, assim como atear fogo em terrenos baldios e até mesmo colocar fogo para ‘limpar lixo’. 

O TEMPO NOVO procurou a Prefeitura da Serra que disse que as equipes de Fiscalização Ambiental e Posturas da Serra já estão no local avaliando a situação.

Durante a ação conjunta das equipes de Fiscalização de Posturas, Meio Ambiente e Guarda Civil Municipal, com apoio do Corpo de Bombeiros a ocupação irregular foi impedida, nesta sexta-feira (24), na mesma área onde foi colocado fogo na área de preservação ambiental no bairro Feu Rosa na Serra.

Após receber denúncias de incêndio criminoso no local, as equipes realizaram vistoria e constataram que o terreno estava sendo preparado para uma invasão. Restos de árvores e arbustos foram retirados. Os responsáveis pelo crime se evadiram do lugar, não permitindo assim a autuação.

Contudo, durante a fiscalização houve o flagrante de um caminhão que pretendia descartar entulho na área de preservação ambiental. A ação foi impedida e o responsável autuado.

Ontem, quinta-feira (23), o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo foi acionado para combater uma ocorrência de incêndio no bairro Praia da Baleia, localizado no município de Serra.

Já o Corpo de Bombeiros disse que uma guarnição deslocou-se até o local e, ao chegar, foi constatada a presença de focos de incêndio em vegetação não nativa na área. Os bombeiros entraram em ação, e puderam controlar e cessar as chamas em aproximadamente 30 minutos. Após as chamas cessarem, percorreram por todo o perímetro atingido para confirmar se não havia risco de reignição.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!