15.8 C
Serra
sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Lamas consegue mais parcelamento de IPVA

Leia também

Indústria cobra e Estado diz que está liberando crédito para empresas

Nesta quinta-feira (28) a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) divulgou carta aberta em que cobra o governo...

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A partir de 2017, o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) poderá ser parcelado em até quatro vezes. Isso porque o projeto de lei 223/2015, de autoria do deputado estadual serrano Bruno Lamas (PSB), foi aprovado na Assembleia Legislativa nesta terça (3) e depende apenas da sanção do governador Paulo Hartung (PMDB) para vigorar.

Se for aprovado pelo governo, o parcelamento do imposto, que era possível apenas em duas vezes, poderá ser divido em até quatro, sem juros. Mas a medida valerá apenas no próximo ano. O projeto original previa parcelamento em até 10 vezes, mas foi reduzido por meio de emenda apresentada pela Comissão de Finanças da Casa.

Bruno Lamas considera a aprovação importante, pois, segundo ele, cerca de 10% da frota de veículos está inadimplente com o imposto. “No Estado, pelo menos 130 mil veículos estiveram com o IPVA atrasado nos últimos quatro anos, gerando um prejuízo de R$ 30 milhões aos cofres públicos, segundo a Receita Estadual. Cerca de 1,3 milhão de pessoas serão beneficiadas com a lei.”, explica.

Para ele, a novidade ajudará a minimizar esse índice em um contexto de crise econômica. “A crise não chegou só para os governos, chegou para os pais de família. Com o aumento das parcelas, a pessoa conseguirá honrar os seus compromissos e efetuar o pagamento do IPVA de maneira menos traumática e mais planejada, diminuindo a inadimplência”, afirmou.

A matéria segue para a Comissão de Justiça para a redação final para que possa ser encaminhada para sanção ou veto do governo do Estado.

Comentários

Mais notícias

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela insistente queima de pneus que...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia de coronavírus. Em abril, 5.605...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!