22.1 C
Serra
quarta-feira, 08 de julho de 2020

Junho Vermelho para reforçar a importância de ser um doador de sangue

Leia também

Nova Lei obriga a notificação de casos de violência no Estado

Publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (8), a Lei 11.147/2020 obriga profissionais que atuam em serviços de...

ArcelorMittal vai retomar parte da capacidade produtiva em Tubarão

Maior indústria instalada na Serra e que está com sua capacidade produtiva reduzida à menos da metade, a ArcelorMittal...

Mais de 400 empresas já fecharam na Serra durante a pandemia

Levantamento feito pelo Sebrae/ES junto à Receita Federal, apontou que 442 empresas encerram suas atividades entre o dia 16...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Antes de efetivamente doar sangue, os voluntários passam por uma triagem para avaliar sua condição de saúde e verificar se estão aptos a realizar a doação. Foto: Divulgação

Junho é o mês de conscientização sobre a importância da doação de sangue. Com o tema “#Compartilhe”, a Secretaria da Saúde (Sesa) chama atenção para a campanha Junho Vermelho e para a doação contínua de sangue.

Amor, Tempo, Vida, Atitude, Afeto e Esperança são destaques da campanha #Compartilhe que busca significar o ato de ser um doador.

Para a diretora geral do Centro Estadual de Hemoterapia e Hematologia Marcos Daniel Santos (Hemoes), Marcela Gonçalves Murad, a Campanha Junho Vermelho contribui, anualmente, com o aumento das doações de sangue. “É uma forma de sensibilizar as pessoas, além de fazer quem já doou em algum momento a se lembrar da importância de voltar a doar. Neste período muitas pessoas são estimuladas a doar pela primeira vez”, ressalta.

O tema da campanha, segundo Marcela Murad, demonstra a grandeza da doação de sangue. “Você pode doar o que tem de mais valioso, o desejo de salvar o próximo”.

A diretora explica ainda que cada doação pode salvar até quatro vidas. “O sangue doado é centrifugado e assim temos seus hemocomponentes, que são: hemácia, plaquetas, crio precipitado e o plasma. O paciente, pode necessitar apenas de um desses hemocomponente ou de todos, tudo depende do seu estado clínico.

Quem pode doar

Antes de efetivamente doar sangue, os voluntários passam por uma triagem para avaliar sua condição de saúde e verificar se estão aptos a realizar a doação. Quem tem entre 16 e 69 anos pode se candidatar como voluntário. Para os mais velhos, uma ressalva: só pode doar quem tiver feito a primeira doação até os 60 anos. Já os menores de 18 anos precisam de autorização de um responsável legal.

O interessado em doar sangue deve ir até uma unidade do Hemoes, apresentar um documento oficial com foto e responder a um questionário. Caso tenha almoçado, deve aguardar três horas após a refeição para fazer a doação.

Neste período de pandemia, pessoas que tiveram diagnóstico positivo para o novo Coronavírus (Covid-19) podem realizar a doação após 30 dias sem apresentar sintomas. Já as pessoas que estiverem com sintomas gripais não devem comparecer para doação.

Agende sua doação

O atendimento em todas as unidades é por meio de agendamento. A medida visa a reduzir a circulação de pessoas nos locais para evitar aglomeração, diminuindo a possibilidade de transmissão do novo Coronavírus.

-Hemocentro de Vitória

Endereço: Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe | Telefone: 3636-7920

-Unidade de Coleta de Sangue da Serra

Endereço: Avenida Eudes Scherrer Souza, s/nº (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva) | Telefone: (27) 3218-9429

-Hemocentro de Linhares

Endereço: Av. João Felipe Calmom, 174-298 – Centro | Telefone: (27) 3264-6000

-Hemocentro de Colatina

Endereço: R. Cassiano Castelo, 276 – Centro | Telefone: (27) 3717-2800

-Hemocentro de São Mateus

Endereço: Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington | Telefone: (27) 3767-7954

A importância de um doador regular

O doador de sangue regular tem uma grande importância. Ele ajuda a manter os estoques estáveis, fazendo com que pessoas que necessitem de transfusões regulares ou aquelas que passam por enfermidades transitórias sejam salvas.

Há quatro anos a enfermeira da Unidade de Coleta da Serra, Janayna Pereira de Souza, realizou a sua primeira doação de sangue e desde então doa continuamente.

“Comecei a ser doadora com o incentivo dos profissionais do Hemoes, logo quando comecei a trabalhar com hemoterapia na Unidade da Serra. Percebi o quanto é importante e, a partir desse sentimento, faço a doação regularmente”, comentou

Janayna Pereira reforça que esse ato proporciona um sentimento de amor, solidariedade e empatia ao próximo, além de incentivar a população a realizar essa ação do bem.

“Neste momento, é importante que todos se esforcem para ajudar a salvar vidas. É hora de somar, multiplicar e provocar mudanças de comportamento. Essa campanha com certeza vai ajudar nessa luta pela ação do bem.”

Comentários

Mais notícias

ArcelorMittal vai retomar parte da capacidade produtiva em Tubarão

Maior indústria instalada na Serra e que está com sua capacidade produtiva reduzida à menos da metade, a ArcelorMittal Tubarão anunciou nesta quarta-feira (08)...

Mais de 400 empresas já fecharam na Serra durante a pandemia

Levantamento feito pelo Sebrae/ES junto à Receita Federal, apontou que 442 empresas encerram suas atividades entre o dia 16 de março – data em...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!