21.6 C
Serra
sábado, 04 de julho de 2020

Jovem da Serra vira campeão do mundo descendo montanhas de skate

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Weyder Nascimento treina nas montanhas de Santa Teresa e Guarapari. Fotos: Divulgação.
Weyder Nascimento treina nas montanhas de Santa Teresa e Guarapari. Fotos: Divulgação.

Por Clarice Poltronieri

Talento a toda velocidade. É o que define o atleta serrano Weyder Nascimento Lourenço, de apenas 16 anos. Ele é o atual campeão mundial de skate donwhill speed, categoria júnior, título conquistado no último dia 02 de novembro em Minas Gerais. E disputa entre quinta (13) e domingo(16) o Sul Americano na cidade gaúcha de Guaíba.

Weyder mora em Jardim Bela Vista e está no esporte há dois anos. No donwhill o skatista desce ladeiras em alta velocidade, podendo  atingir 85km/h . Antes o serrano praticava o street skate – aquele usado para manobras em obstáculos. E foi com incentivo de amigos que  mudou de modalidade e descobriu sua verdadeira vocação.

“Na 1ª semana que comecei a praticar o donwhill speed, participei de um campeonato e já fiquei em nono. No 2º campeonato, já fui para 6º. Isso foi um incentivo e tanto para que eu continuasse no esporte”, conta.

No Mundial disputado em Belo Horizonte, Minas Gerais, o serrano deixou para trás 23 competidores.  Esta foi a oitava vez que Weyder venceu uma competição. Ele também já conquistou dois segundos lugares, um terceiro e um quarto.

Apesar da performance o atleta não pode se dedicar integralmente aos treinos. Ele estuda pela manhã e ajuda o pai na oficina mecânica à tarde. Quando está próximo a um campeonato Weyder se reúne com sua equipe, a Hei Joe, onde faz bateria de treinos. Estes ocorrem normalmente nas montanhas dos municípios de Guarapari e Santa Teresa, onde as ladeiras são mais adequadas.

Família

A família também é grande incentivadora do atleta “No início meus pais tinham medo por ser um esporte perigoso, mas hoje me incentivam muito. Se não fosse por eles eu não teria participado do campeonato e não traria o título”, reconhece.

O pai de Weyder bancou a viagem com recursos próprios e com o apoio de uma academia e duas lojas do bairro onde moram. No último dia 05 o jovem foi homenageado na Câmara da Serra.

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!