27.5 C
Serra
sábado, 28 de março de 2020

INSS vai liberar auxílio-doença sem perícia e antecipar parte do seguro desemprego

Leia também

Mais de 43 mil moradores já se vacinaram contra gripe na Serra

Durante a primeira semana da Campanha de Vacinação contra gripe para os grupos prioritários, a Serra já imunizou mais...

Casagrande anuncia empréstimo sem juros e adiamento de impostos para ajudar microempresas do ES

Em pronunciamento na manhã deste sábado (28), o governador Renato Casagrande (PSB) anunciou uma série de medidas para ajudar...

Estado avalia multar e até cassar registro de quem abrir comércio

O Governo do Estado avalia multar e até cassar registro de comércio considerado não essencial durante a vigência das...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

A ação é por conta da pandemia da Covid-19. Foto: Divulgação

Os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos e tiverem redução de salário e de jornada por causa da crise receberão a antecipação de parte do seguro-desemprego.  A ação é por conta da pandemia da Covid-19.

Um projeto de lei que o governo federal vai encaminhar ao Congresso Nacional promete simplificar a concessão de benefícios no INSS e ajudar trabalhadores com carteira assinada e autônomos.

No Instituto Nacional do Seguro Social, o objetivo é incentivar as pessoas a usar o telefone 135, o site ou o aplicativo Meu INSS, em vez de comparecer às agências. Isso porque os esforços serão para manter os empregados do instituto trabalhando em casa e evitar a circulação de segurados, principalmente os que estão nos grupos de risco.

Em relação aos benefícios por incapacidade ou auxílio doença, o benefício será concedido com base apenas no atestado do médico particular.

O trabalhador com incapacidade ou doença poderá enviar o atestado do médico particular no sistema Meu INSS, disponível na internet e por smartphone, depois de preencher um cadastro. A partir daí, o tratamento do benefício se dará sem a necessidade de perícia presencial enquanto durarem as restrições à circulação de pessoas. “Neste momento de crise, benefício será concedido rapidamente com base no atestado particular”, assegurou o secretário especial de Previdência, Bruno Bianco.

O INSS dispensará exigências para resguardar o reconhecimento de direitos dos segurados e beneficiários, enquanto perdurar a emergência em saúde pública. Os servidores do órgão e os peritos médicos federais trabalharão a distância, sujeitos a metas de desempenho. Eles poderão reforçar a análise de benefícios para acelerar a concessão. Atualmente, explicou o Ministério da Economia, 90 dos 96 serviços do INSS podem ser requeridos e concedidos pelo 135 ou pelo aplicativo Meu INSS.

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia empréstimo sem juros e adiamento de impostos para ajudar microempresas do ES

Em pronunciamento na manhã deste sábado (28), o governador Renato Casagrande (PSB) anunciou uma série de medidas para ajudar empreendedores de menor porte na...

Estado avalia multar e até cassar registro de quem abrir comércio

O Governo do Estado avalia multar e até cassar registro de comércio considerado não essencial durante a vigência das medidas de restrição para controlar...

Comerciantes fazem manifestação na Serra para pedir reabertura de lojas

Empresários que possuem lojas em Laranjeiras e também na Serra Sede, fizeram uma manifestação na última sexta (27) pedindo a Prefeitura para voltar abrir...

Repasse de R$ 20 milhões para municípios e cestas básicas para alunos do Estado

O Governo do Estado anunciou na tarde da sexta-feira (27) que vai repassar quase R$ 20 milhões para fortalecer as ações de enfrentamento e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem