• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.569 casos
  • 769 mortes
  • 40.206 curados
27.4 C
Serra
sexta-feira, 05 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.569 casos
  • 769 mortes
  • 40.206 curados

Hospital da Serra vai receber pacientes de Manaus com coronavírus

Leia também

Covid-19 | Amigos lamentam morte de médica que atuava em unidades de saúde da Serra

Uma médica que atuava na rede de saúde da Serra faleceu na última quinta-feira  (4), vítima da Covid-19. A...

Motociclista morre ao colidir com poste na rodovia Norte Sul

Um instrutor de auto-escola perdeu a vida num acidente fatal na tarde desta sexta-feira (5), na Serra. O acidente aconteceu...

Ambiental Serra é flagrada jogando esgoto em córrego que deságua entre Manguinhos e Bicanga

A poluidora Ambiental Serra, que é parceira público-privada da Cesan, está lançando esgoto residencial sem nenhum tipo de tratamento...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Dr. Jayme dos Santos Neves é um dos hospitais referências para o tratamento do coronavírus. Foto: Arquivo TN

O Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, na Serra, vai receber 22 pacientes com coronavírus de Manaus, capital do Amazonas. A cidade vive um colapso no sistema de saúde e, segundo médicos, a falta de oxigênio já matou pessoas que estavam internadas para serem tratadas da Covid-19. Nesse cenário estarrecedor, a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) disponibilizou 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para socorro das vítimas.

Mais cedo, o Governo do Estado não havia detalhado em quais hospitais essas pessoas seriam internadas. Entretanto, pouco depois, o secretário de Saúde, Nésio Fernandes, informou que 22 desses leitos ficam no Hospital Jayme dos Santos Neves. Dessa forma, a Serra será ponto de refúgio para pacientes do Amazonas. Por lá, os hospitais entraram em colapso e falta até oxigênio para vítimas do coronavírus.

O anúncio da disponibilidade de leitos foi feito pelo governador Renato Casagrande (PSB) na tarde desta quinta-feira (14). “O Espírito Santo está disponibilizando 30 vagas de UTI-COVID para atender pacientes do Amazonas. Temos condições de recebê-los a partir desta madrugada. O momento exige solidariedade e união dos Estados em prol das vidas humanas”, explicou o chefe do executivo capixaba.

Vale destacar que o Hospital Jayme é referência no tratamento para o coronavírus em todo o Espírito Santo. Nésio Fernandes se manifestou sobre a ajuda em vídeo.

Leia também: Casagrande libera leitos de UTI’s do ES para socorrer pacientes de Manaus com coronavírus

Atualmente, segundo a Secretaria de Saúde, o Jayme está com 75,86% de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria para coronavírus. A situação está amena, se for comparada com o dezembro de 2020, onde a unidade hospitalar quase bateu 90% de ocupação.

Colapso em Manaus

Nesta quinta-feira, a situação voltou a se agravar em Manaus. De acordo com profissionais de saúde que trabalham no atendimento de pacientes com coronavírus, pessoas estão morrendo devido à falta de balões de oxigênio.

Segundo matéria do jornal ‘Folha de São Paulo’, alguns pacientes estão sendo “ambuzados”, ou seja, recebendo oxigenação de forma manual, já que os respiradores estão sem oxigênio. Médicos e enfermeiros ainda afirmam que mais mortes devem acontecer nas últimas horas.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!