Homens são assassinados a tiros em frente a condomínio na Serra

0
Homens são assassinados a tiros em frente a condomínio na Serra
Crime aconteceu na noite da última segunda-feira. Foto: Internauta

Dois homens foram mortos a tiros em frente ao condomínio Parque dos Pinhos III, em Jardim Limoeiro, na Serra. O crime ocorreu por volta das 21h45 da quarta-feira (2). As vítimas foram assassinadas dentro de um carro de aplicativo.

Segundo informações, quatro pessoas estavam no carro. O motorista, um homem e um casal, incluindo uma mulher grávida. Eles pediram a viagem após participarem de uma partida de futebol num bairro vizinho. Ao chegarem na rua de casa, foram abordados por bandidos– armados, que também chegaram em um veículo.

No momento em que o motorista estava finalizando a corrida, os criminosos começaram a disparar muitos tiros, cerca de 20, e matou os dois homens. O motorista de aplicativo e a mulher que estava grávida não ficaram feridos.

A Polícia Militar esteve no local, o SAMU e carros da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Os corpos foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (IML).

Para o TEMPO NOVO, a Polícia Militar confirmou o ocorrido. Segundo a PM, o motorista de aplicativo informou que estava chegando no bairro, para finalizar uma corrida, quando os ocupantes de outro carro atiraram atingindo os dois passageiros que estavam no seu veículo.

Moradores assustados com o crime

Moradores de condomínios próximos ao local onde ocorreu o crime ficaram assustados com a quantidade de disparos. “Eles chegaram de Uber. O cara que atirou deve ter seguido eles. Quando chegaram na frente do condomínio, ele mandou o motorista e a grávida sair do carro e meteram tiro. Foram muitos tiros. Ficamos muito assustados”, conta um morador que não quis se identificar.

Uma outra moradora que estava no apartamento quando tudo aconteceu disse que pensou que eram fogos de artifício por conta do jogo do Flamengo e Grêmio.”Foram muitos tiros. Achei que tinham sido fogos pra comemorar o gol, mas depois vi o desespero e a movimentação na frente da portaria e percebi que tinham matado alguém”, conta a moradora do Pinhos 3, que também não quis se identificar.

Veja mais fotos registradas por moradores no momento do crime:

Comentários