19.2 C
Serra
quarta-feira, 03 de junho de 2020

Hidrômetros e pneus são descartados em área verde da Serra

Leia também

Lojistas de Laranjeiras marcam novo ato por reabertura total do comércio

Um grupo de lojistas de Laranjeiras promete fazer na manhã desta quarta-feira (03), mais um ato pela abertura total...

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a...

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Lideranças comunitárias mostram pneus e relógios coletados pela Prefeitura na área de mata Atlântica. (Foto: Divulgação)

Além de muito entulho e lixo, uma ação da Secretaria Municipal de Serviços (Sese) flagrou uma montanha de pneus e partes de hidrômetros  descartados numa área verde entre Cidade Continental e Carapebus, na manhã deste sábado (27).

“Fazíamos uma ação de limpeza para tirar entulho descartados ilegalmente e também para prevenção à dengue, a pedido das comunidades do setor Ásia, de Cidade Continental, e Praia de Carapebus. Foi quando nos deparamos com os hidrômetros e a montanha de pneus, que creio terem sidos descartados por alguma empresa”, conta o diretor de limpeza da Sese, Gilmar Pereira da Silva.

De acordo com Gilmar, havia cerca de 500 pneus no local. “Hoje tiramos 230. Na segunda-feira (29), voltaremos para retirar o restante. Já os relógios da Cesan (hidrômetros) estavam descartados em sacos plásticos. É possível que tenha sido alguma empreiteira a responsável por isso”, afirma.

A limpeza está sendo às margens da Avenida Ártica, que liga o setor Ásia, de Continental, à Praia de Carapebus, num local conhecido como terreno da Picanha, que é área de preservação ambiental e fica próximo à propriedade da ArcelorMittal Tubarão. O local funciona como cinturão protetor de nascentes da lagoa de Carapebus e integra a Área de Proteção Ambiental de Praia Mole. 

Gilmar acrescentou que a limpeza foi uma solicitação dos líderes comunitários do setor Ásia e da região de Carapebus. Por conta dos pneus e dos hidrômetros encontrados em meio a outros resíduos descartados clandestinamente no terreno, a Polícia Ambiental e a fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) foram acionadas e estiveram no local. 

Membro do movimento comunitário de Praia de Carapebus, Wesley Furtado disse que na mata ainda há vários sacos contendo centenas de medidores de água da Cesan. (Foto: Divulgação)

Em nota à reportagem, a Cesan negou que tenha relação com o descarte. “A Cesan informa que hidrômetros são equipamentos disponíveis no mercado e podem ser adquiridos por qualquer pessoa ou empresa. Os hidrômetros utilizados pela Cesan, após encerrada a vida útil, seguem as normas técnicas brasileiras para descarte e disposição final. A empresa está à disposição das autoridades para quaisquer informações”, diz a nota.

Comentários

Mais notícias

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a mão armada tem acontecido com...

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante o mês de junho. A...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!