Grupo tem Amaro como coringa eleitoral e, na Serra, Vandinho e Xambinho são as opções | Portal Tempo Novo

Serra, 27 de junho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 24 de maio de 2019 às 9:08

Grupo tem Amaro como coringa eleitoral e, na Serra, Vandinho e Xambinho são as opções


Yuri Scardini e Conceição Nascimento

Grupo afunila costuras eleitorais visando lançar candidatura forte na Serra. (Fotos: Divulgação)

Está em gestação, para a semana que vem, um encontro na Serra entre lideranças locais e um grupo de deputados. O objetivo é afunilar conversas visando o contexto eleitoral para prefeito em 2020. Esse encontro deve contar com o grupão de 10 parlamentares liderados pelo presidente da Assembleia, Erick Musso (PRB), e que vem fazendo movimentos no polo oposto ao governador Renato Casagrande (PSB).

TEMPO NOVO obteve informações de primeira mão e procurou “sondar” com outros atores próximos, que acenaram positivamente para a articulação do futuro encontro. Até o fechamento desta edição, aparentemente não havia sido fechado um dia específico, pois estariam dependentes da confluência da agenda dos deputados.

Além deles, faz parte também o deputado federal Amaro Neto (PRB), que ao lado dos deputados Vandinho Leite (PSDB) e Alexandre Xambinho (Rede) são os cotados para encabeçar uma futura chapa de prefeito apoiado pelo grupo e que deve lançar outras candidaturas em várias outras cidades do Espírito Santo.

Vale ressaltar que, na Serra, a ideia do grupo seria ensaiar uma terceira alternativa aos caciques locais: o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), que pode ser candidato em 2020; e o prefeito Audifax Barcelos (Rede), que deve lançar um aliado para sucedê-lo. Lembrando que Audifax e parte deste grupo tem se reunido com frequência; mas, de acordo com apuração do TEMPO NOVO, o prefeito, a princípio, não estaria encabeçando diretamente esse encontro no município.

O contexto eleitoral da Serra ainda está embolado e só deve desanuviar quando as forças políticas decidirem como será o cenário em Vitória. Objetivamente, a peça-chave é Amaro Neto. Cotado para ser candidato em Vitória, Serra ou Vila Velha, a sua decisão deve desobstruir o contexto político local e lançar mais luz aos nomes que efetivamente deverão concorrer ao pleito no ano que vem. Se Amaro declinar, quem ganha força é Vandinho ou Xambinho.

No campo partidário, condição fundamental para lançar candidatura robusta, esse grupo se movimenta fortemente. Está em curso uma estruturação do PRB na Serra, partido de Musso e Amaro. Entre os cotados para presidir a sigla está Pedro Henrique, chefe de gabinete de Xambinho.

O MDB também estaria alinhado ao grupo. Neste sábado (25), o partido deve eleger Jean Cassiano para a presidência, com anuência do vereador Luiz Carlos Moreira. Jean é próximo ao habilidoso articulador político Flávio Serri, que também circula no grupo. O PR de Miguel Maia também teria fechado aliança com o time. Outra movimentação é de Vandinho, que deve trazer mais siglas. Uma delas seria o PROS, que, segundo informações, já teria uma conversa avançada.

A reportagem procurou todos os citados na matéria, mas ninguém quis comentar o assunto; porém, não negaram a existência da articulação visando o encontro na Serra.




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Renato Casagrande no Governo do Estado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por