Grupo promove atendimento psicológico, nutricional e fisioterapêutico gratuito para pacientes com câncer

Grupo promove atendimento psicológico, nutricional e fisioterapêutico gratuito para pacientes com câncer
Como diferencial, a unidade do GAPC em Vitória conta com um albergue para manter os assistidos e familiares de cidades fora da capital, onde recebem tudo que precisam para sua acomodação e conforto de um lar. Foto: Divulgação

São momentos difíceis, desde a notícia da descoberta da doença até o tratamento, só quem já passou por isso sabe a dificuldade da experiência de se ter câncer. O GAPC – Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer, é uma entidade sem fins lucrativos que tem como objetivo auxiliar essas pessoas e suas famílias a superarem a doença.  Tudo de forma gratuita.

A instituição fornece a seus assistidos atendimentos profissionais, como, atendimento social, nutricional, fisioterapêutico, psicológico e terapia alternativa, além de oficinas de artesanato. Também oferecemos benefícios como medicamentos, suplementos, fraldas, curativos, próteses, perucas, exames, entre outros. Qualquer pessoa maior de 18 anos com diagnóstico comprovado pode ser atendida pelo GAPC.

O GAPC conta hoje com cinco unidades no Brasil e tem cerca de 19 mil usuários, sobrevivendo unicamente de doações particulares e empresas.

Como diferencial, a unidade do GAPC em Vitória conta com um albergue para manter os assistidos e familiares de cidades fora da capital, onde recebem tudo que precisam para sua acomodação e conforto de um lar.

Outubro Rosa

Um movimento popular mundial iniciado em 1997 que vem, ao longo dos anos ganhando força e novos adeptos. O Outubro Rosa tem como principal objetivo trazer visibilidade para a questão do câncer de mama e sua crescente incidência. Também visa informar à população que esse é um tipo de câncer que pode ser prevenido e também descoberto bem no início, o que torna o tratamento muito mais fácil, rápido e eficaz.

No Brasil a taxa de mortalidade continua elevada, e isso está diretamente ligado ao fato do câncer de mama, na maioria das vezes, ser diagnosticado em estágio muito avançado. A prevenção e o diagnóstico precoce diminuem consideravelmente os casos de morte e as instituições tem o dever de informar e orientar nessa questão.

Comentários