26.6 C
Serra
domingo, 29 de novembro de 2020

Grupo de Bruno Lamas anuncia neste sábado quem apoiará no segundo turno

Leia também

Serra registra manhã tranquila de votação e sem aglomerações neste segundo turno. Veja fotos!

Por conta da pandemia causada pelo coronavírus, muitos eleitores ficam receosos em ir ao seu local de votação para...

Quem não votou no primeiro turno das eleições pode votar no segundo turno

Os eleitores que não foram às urnas no primeiro turno das eleições municipais deste ano podem votar no segundo...

Veja onde os candidatos a prefeito da Serra irão votar neste domingo

Neste domingo (29), eleitores da Serra estão voltando às urnas para escolher os próximo prefeito e vice-prefeito. E junto...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Ilustração: Jornal Tempo Novo

A coligação Mudança com Segurança, formada por PSB, PV, DEM e Avante, que lançou o deputado estadual Bruno Lamas (PSB) à Prefeitura da Serra, anuncia neste sábado (dia 21/11), após reunião às 9 horas, o nome de quem irá apoiar no segundo turno da eleição: se o candidato do PDT, o deputado federal Sergio Vidigal, ou o vereador Fábio Duarte (Rede).

A definição da Executiva estadual do PSB de orientar o voto na Serra para Vidigal foi motivo de discussão dos militantes do município que, num café da manhã hoje (20). Eles decidiram que a coligação é quem vai definir para que lado o grupo vai andar.

“O que foi dito pela Executiva estadual é apenas uma orientação, mas quem decide a vida aqui somos nós, estamos unidos. Não somos massa de manobra”, disse o deputado Bruno Lamas, que foi candidato a prefeito da Serra e ficou em 5º lugar com 10.899 votos.

A presidente do PSB na Serra, a vice-prefeita Márcia Lamas, comparou o grupo ao capim tiririca, conhecido por ser “invasor” e ocupar o espaço de outras plantas. “Somos resilientes como o tiririca. Enfrentamos uma pandemia, o poderio econômico, mas o sonho de chegar à prefeitura não acabou. Vamos voltar mais fortes”, declarou.

O presidente do DEM na Serra, Adaucto Morais, liberou a militância para apoiar quem quiser, mas também defendeu a neutralidade.

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!