26.6 C
Serra
segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Frente parlamentar vai investigar contrato milionário do esgoto na Serra

Leia também

Edson Vargas e Cabo Porto: duas perdas trágicas para a política e o município da Serra

Por Eci Scardini: Dois jovens políticos deram adeus de forma trágica e precoce dessa vida: Edson Vargas e Cabo Porto. Outras...

Lideranças políticas lamentam morte de Cabo Porto e família

  Luto Oficial de 3 dias no Espírito Santo e na Câmara da Serra. Os capixabas foram surpreendidos neste sábado...

Corpo do vereador Cabo Porto será velado na Câmara da Serra a partir das 9h30 deste domingo

      A Câmara da Serra foi o local escolhido pela família para o velório do vereador Cabo Porto (PSB), sua...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Estação de tratamento de esgoto de Eldourado. Foto: Bruno Lyra
Estação de tratamento de esgoto de Eldourado. Foto: Bruno Lyra

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) está de olho nos serviços prestados e investimentos executados pela Parceria Público Privada (PPP) Cesan/Ambiental Serra, atuante no município desde 2015 e motivo de muitas reclamações da população. Vale lembrar que o morador que tem esgoto ligado na rede passa a pagar 80% a mais na conta de água.

Para tratar do assunto, foi criada a Frente Parlamentar de Fiscalização de Obras de Coleta e Tratamento de Esgoto na Grande Vitória, que em sua 4ª reunião vai abordar questões do saneamento enfrentadas pela Serra. Os debates vão reunir representantes da Cesan/Ambiental Serra, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Câmara de Vereadores e associações de moradores. Será nesta quinta-feira (15), às 17h, no plenário da Ales, Enseada do Suá, em Vitória.

“Abrimos essa frente para acompanhar e fiscalizar as obras de saneamento na Grande Vitória. A respeito da Serra, vamos conhecer o contrato e investigar como ele está sendo executado, o que precisa ou falta ser feito. Queremos ter a certeza de qual é a perspectiva de cumprimento do que foi firmado”, explica o deputado estadual Fabrício Gandini, presidente da Frente Parlamentar.

Peixes mortos na lagoa Juara em setembro de 2016: entre as causas está a poluição. Foto: Arquivo TN

De acordo com Gandini, a intenção é, num primeiro momento, ouvir os atores envolvidos na área do saneamento básico e fazer um diagnóstico completo da situação. No entanto, a Frente Parlamentar já tem uma breve ideia da realidade vivida no município quanto ao tratamento e destinação do esgoto.

“Sobre a Serra, sabemos que há uma reclamação grande sobre o trabalho realizado pelo consórcio Cesan/Ambiental Serra, que não está havendo um cumprimento integral. Mas vamos fazer um primeiro diagnóstico a partir da reunião para que possamos tomar as medidas posteriores. Nossa intenção é ter um plano de ações para saber, minimamente, quando a Grande Vitória ficará livre dessa mazela”, salienta o deputado.

Sobre quais medidas podem ser tomadas a partir da avaliação desses serviços, Gandini disse que todas as ações e encaminhamentos necessários serão adotados após os diagnósticos feitos com as reuniões, e que os órgãos de controle, a exemplo do Ministério Público, podem ser acionados.

O deputado Fabrício Gandini é o presidente da frente parlamentar. Foto: Tati Beling

Além da Serra, a Frente Parlamentar já abordou os serviços de saneamento básico de Vitória e Cariacica.

Histórico de multas

Desde 2015, a Ambiental Serra é a parceira privada da Cesan e, de acordo com a Prefeitura da Serra, de lá para cá já foram aplicadas ao consórcio de saneamento 51 multas por poluição, que totalizam R$ 4,5 milhões. As infrações estão ligadas ao descarte irregular de esgoto, impactando comunidades, mananciais e locais protegidos por lei. A empresa é a responsável pelo serviço de coleta, tratamento e descarte de esgoto, com valor contratual de R$ 628 milhões e vigência de 30 anos.

Comentários

Mais notícias

Lideranças políticas lamentam morte de Cabo Porto e família

  Luto Oficial de 3 dias no Espírito Santo e na Câmara da Serra. Os capixabas foram surpreendidos neste sábado (22) com a notícia da...

Corpo do vereador Cabo Porto será velado na Câmara da Serra a partir das 9h30 deste domingo

      A Câmara da Serra foi o local escolhido pela família para o velório do vereador Cabo Porto (PSB), sua esposa e filho, mortos em...

Artigo de opinião TN | Morte de Cabo Porto e família é uma tragédia para a Serra

A morte do vereador Cabo Porto, em um acidente de trânsito no interior do estado, mexeu muito com a cidade. Isso porque o parlamentar...

Cabo Porto, esposa e filho morrem em acidente no interior do Estado

O vereador da Serra, Cabo Porto, morreu na tarde deste sábado (22) num acidente na rodovia BR 101, na zona rural, de Linhares. O...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem