20 C
Serra
quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Expansão da Biancogrês começa no 2º semestre e fica pronta em 2021

Leia também

Empresas abrem 215 novas vagas de emprego com preferência para moradores da Serra

Quem está procurando emprego deve ficar atento com as oportunidades disponíveis nesta quinta-feira (24). As chances estão sendo oferecidas...

Defesa Civil emite alerta de alagamentos para a Serra

A Defesa Civil Estadual emitiu um alerta de alagamentos para a Serra. Segundo previsão do Instituto Nacional de Pesquisas...

Chuva forte deixa casas interditadas e 7 desalojados na Serra em 24h

Por conta das fortes chuvas registradas nas últimas 24 horas, a Serra já possui duas casas interditadas e sete...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

A fábrica localizada no Civit II vai gerar 250 vagas de trabalho durante a expansão e 300 novos empregos na operação. Foto: Divulgação/Biancogrês

A expansão produtiva da fábrica de cerâmicas da Biancogrês, localizada no Civit II, deve começar no 2º semestre deste ano e ficar pronta em 2021. A informação foi passada na noite de ontem (12) pelo assessor da diretoria da empresa, Welington Tesch.

Segundo Tesch, a empresa está fazendo alguns ajustes nas medidas para reduzir impactos ambientais solicitadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Serra (Semma). “Assim que tivermos a liberação da licença, iremos contratar as empresas que farão as obras civis, o que deve acontecer no 2º semestre”, detalha.

O investimento previsto é de R$ 150 milhões. Cerca de 250 empregos devem ser gerados durante a montagem da nova estrutura, trabalho que será executado por terceirizadas. Outros 300 empregos serão gerados para a futura operação.  Atualmente a empresa gera 1 mil empregos diretos e oito mil indiretos.

De acordo com Tesch, a Biancogrês ainda não começou o processo de seleção para interessados em trabalhar na expansão.

Questionado sobre o porque da Biancogrês ter decido fazer o investimento durante a pandemia, Tesch disse que a fabricante de pisos e revestimentos cerâmicos está pensando a médio e longo prazo. “O mercado de cerâmica evoluiu muito. Essa nova linha de produção, que chamamos de linha seis, será para produzir peças maiores, com até 1m e 20 por 2m e 40, que poderão ser aplicadas em paredes e bancadas. Várias empresas de grande porte do setor tem feito esses investimentos. A Biancogrês precisava dar esse passo e está investindo numa linha com maquinários dos mais modernos que existem no mercado”, explica.

Segundo o assessor, as máquinas da nova linha estão sendo importadas da Itália e da China. E os novos produtos, porcelanatos de tamanhos maiores, são para atender o mercado interno, principalmente Rio de Janeiro, São Paulo e sul do país.

As matéria primas para a fábrica da Serra vêm do norte do ES. “É um composto de barro, areia e granito moído. Esse último é retirado das lavras, onde são aproveitadas sobras do processo de extração dos blocos. Toda logística é rodoviária, assim como o escoamento da nossa produção para o mercado brasileiro. Se tivéssemos como escoar nossa produção de trem o custo abaixaria, pois o frete rodoviário é alto para quem precisa transportar cerâmicas”, explica Tesch.

O anúncio da expansão da Biancogrês foi feito por videoconferência pelo governador Renato Casagrande (PSB) e pelo presidente da empresa, Darks Casoti. E aconteceu também nesta terça-feira (12).

Pandemia   

A pandemia da covid-19 também afetou a produção na fábrica do Civit II. Segundo o assessor da diretoria, Welinton Tesch, os trabalhos precisaram ser interrompidos na unidade. A boa notícia é que estão programados para retornarem depois de amanhã (15).

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Defesa Civil emite alerta de alagamentos para a Serra

A Defesa Civil Estadual emitiu um alerta de alagamentos para a Serra. Segundo previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) há um alerta...

Chuva forte deixa casas interditadas e 7 desalojados na Serra em 24h

Por conta das fortes chuvas registradas nas últimas 24 horas, a Serra já possui duas casas interditadas e sete moradores desalojados. As informações foram...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!