• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados
23.4 C
Serra
terça-feira, 26 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados

Evangélicos vão dar rosas a prostitutas na Serra e em Vitória

Leia também

Coronavac: segunda remessa com mais de 16 mil vacinas chega ao Espírito Santo

Um novo lote da vacina Coronavac, produzida pelo Butantan/Sinovac, chegou ao Espírito Santo  nesta segunda-feira (25). De acordo com...

Vereadores aproveitam o recesso para enviar solicitações de serviços à Prefeitura da Serra

Antes mesmo do início das atividades em plenário, vereadores da Serra já apresentaram projetos, requerimentos de informações e indicações...

Roubo de cabos da OI, em Pitanga, deixa moradores sem internet

Moradores do bairro Pitanga, que fica na região rural da Serra, estão sofrendo com os constantes roubos de cabos...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

 

Grupo de jovens evangélicos que irá participar da ação. Foto: Divulgação/Igreja Adventista
Grupo de jovens evangélicos que irá participar da ação. Foto: Divulgação/Igreja Adventista

Uma ação ousada. É assim que um grupo de jovens evangélicos da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Carapina pretende homenagear as mulheres nesta terça (08), no dia internacional dedicado a elas.

A ação acontecerá à noite, das 21h às 01h. Entre os destinos do grupo, pontos conhecidos pela concentração de garotas de programa, como o bairro Jardim Limoeiro, na região conhecida como Copo Sujo, e ainda os bairros Jardim Camburi e Jardim da Penha em Vitória.

A distribuição das rosas aconteceu também no ano passado.  Um dos organizadores, o pastor Célio Barcellos, disse que a receptividade das meninas foi boa, entre elas houve um misto de surpresa e felicidade.

“Podemos imaginar as lutas e sofrimentos que passam. E a Igreja, ao levar essa mensagem, deseja valorizá-las como mulher, como pessoa.  Levar esperança sem olhar o exterior”, frisa Barcellos.

Uma das participantes da ação é a dona de casa Norma de Carvalho Botelho, ex-usuária de crack. Ela destaca a importância deste simples gesto na vida destas mulheres. “Eu já estive nesse lado da vida. É uma maneira de levar um pouco de esperança. O que eu recebi e salvou minha vida, estou retribuindo para elas”, enfatiza.

Autor da ideia, o estudante de psicologia Diego Correa dos Santos explica que o projeto surgiu de uma inquietude em servir ao próximo, mesmo que esse não fosse visto com “bons olhos” pela sociedade.

 

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!