21.1 C
Serra
sábado, 11 de julho de 2020

Estado ainda não decidiu se autoriza segurança para prefeito e vereadores

Leia também

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Prefeito Audifax tinha feito o pedido junto ao governador Renato Casagrande. Foto: Assembleia Legislativa

Mais de dez dias após o pedido de segurança pessoal feito pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede) junto ao governador Renato Casagrande (PSB), a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) afirma que continua estudando o pedido.

Dias após o pedido do prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores protocolou pedido semelhante à Sesp, informando que o grupo de vereadores que representam o bloco de oposição na Casa estaria se sentindo ameaçado.

Procurada pela reportagem, a Sesp se pronunciou por meio de nota e disse que a solicitação de “escolta do presidente da Câmara Municipal da Serra, para os vereadores, continua sendo analisado, assim como o pedido do prefeito do município. A decisão de oferecer escolta é baseada em uma análise de risco, que está sendo realizada”.

Entenda

Uma crise política se instalou sobre a Serra, com troca de acusações e denúncias entre o prefeito da cidade, Audifax Barcelos (Rede), e um grupo de vereadores. De um lado, o prefeito acusa o presidente da Câmara de participar de uma organização criminosa que quer tomar o controle do município. De outro, Rodrigo Caldeira nega as acusações, classificando-as como “calúnia” do prefeito.

Comentários

Mais notícias

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para todos os moradores da Serra. ...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!