19 C
Serra
domingo, 31 de Maio de 2020

Empresários vão ouvir candidatos ao Governo

Leia também

Servidores da Serra podem realizar perícia médica por meio da internet

Enquanto os serviços seguem limitados em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura da Serra está permitindo que...

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando...

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.


Djalma diz que quer ouvir propostas de candidatos para a Serra. Foto: Arquivo TN

A Associação dos Empresários da Serra (Ases) vai ouvir três dos candidatos ao Governo do Estado, conhecer suas propostas e apresentar a relação de demandas junto aos candidatos. Entre as principais reclamações do empresariado está o excesso de burocracia para procedimentos junto ao Estado. Serão convidados para os encontros: Aridelmo Teixeira (PTB), Renato Casagrande (PSB) e Rose de Freitas (PODE).

Segundo informações do presidente da associação, Djalma Quintino, os encontros serão voltados aos associados da Ases e explica o porque da decisão de não ouvir os demais candidatos. 

“A diretoria decidiu ouvir os três, que têm atividades relacionadas ao segmento; uma conversa franca, com pauta voltada para o desenvolvimento do Estado. Nossos calos são o excesso de burocracia e entre as nossas demandas está a desburocratização, investimentos em infraestrutura, revitalização do Civit I e Civit 2. Queremos discutir sobre as garantias para a execução do contorno do Mestre Álvaro; ES 010, para atendimento da infraestrutura logística, contorno de Jacaraípe, mobilidade urbana, corredor BRT e questões envolvendo os municípios da Região Metropolitana; escola de tempo integral, segurança e outros”, disse Quintino.

Na agenda, Aridelmo seria o primeiro a ser ouvido, no dia 13 de setembro. Já Renato Casagrande e Rose de Freitas têm agenda prevista para o segundo semestre, em datas a serem confirmadas. A assessoria de Aridelmo confirmou a presença do mesmo no evento. 

“Vamos escutar as propostas deles, entregar um documento com as demandas do setor produtivo da Serra. O objetivo é melhorar a ambiência para negócios, gerar mais emprego e renda”, disse Djalma.

Comentários

Mais notícias

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando e oferecendo as vagas de...

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de máscaras e kits de limpeza...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!