22.5 C
Serra
quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Leia também

Quer emprego? Empresas abrem 140 vagas de trabalho nesta quarta na Serra

Quem está procurando uma oportunidade de trabalho deve ficar atento. Isso porque várias empresas abriram vagas de emprego nesta...

PP oficializa pré-candidatura de Luciana Malini à Prefeitura da Serra

"Somos a mudança". Esse é o mote da pré-candidatura do PP à Prefeitura da Serra. A legenda aposta na...

Operação policial integrada gerou 30 autos de infração de trânsito na Serra

Um acusado de homicídio foi detido na manhã desta terça-feira (11) durante a Operação Vulcano, parceria da Prefeitura da...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Durante a visita a empresa foi constatado filhotes com miíase. Foto: Divulgação

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no Bairro Hélio Ferraz, na Serra, a CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Janete de Sá, realizou uma diligência no local na manhã desta sexta-feira, 10, em conjunto com o Conselho Regional de Medicina Veterinária.

No local, a CPI verificou as condições dos animais, que são explorados pela empresa para fazer guarda patrimonial. De acordo com o responsável pela empresa, o grupo  possui hoje 10 animais, sendo 3 filhotes.

De acordo com laudo preliminar do CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), foi constatada higienização inadequada do local onde se alojam os animais e odor forte e desagradável de fezes e urinas. Uma fêmea rottweiler adulta com 3 (três) filhotes recém-parida foi examinada clinicamente e observado mucosas pálidas, escore de condição corporal inadequado, compatível com o puerpério. Um filhote apresenta ovos e larvas de miíase na região anal e perianal. Foi observada presença de ectoparasitas em pequena quantidade. Não foi apresentado cartão de vacina dos animais. Ração no local em pequena quantidade e armazenada em recipiente inadequado.

“O CRMV disse que existe negligência por parte do tutor. Diante do que foi apurado no local determinei a vistoria em todos os demais animais que estão sob guarda da empresa para a obtenção de mais informações a respeito dos animais. Vamos solicitar a ficha clínica dos animais atendidos pela médica veterinária, indicada pelo responsável pela empresa. A CPI também vai comunicar o município da Serra para que a Vigilância Sanitária e os órgãos do meio ambiente do município acompanhem o caso. Não vamos sossegar enquanto nossos animaizinhos não estiverem sendo tratados com respeito, cuidado e livres de qualquer ação exploradora do homem”, afirmou a deputada Janete de Sá, presidente da CPI.

Os animais não foram apreendidos.

A CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais recebe denúncias pelo e-mail [email protected]

Comentários

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Mais notícias

PP oficializa pré-candidatura de Luciana Malini à Prefeitura da Serra

"Somos a mudança". Esse é o mote da pré-candidatura do PP à Prefeitura da Serra. A legenda aposta na experiência e na sensibilidade de...

Operação policial integrada gerou 30 autos de infração de trânsito na Serra

Um acusado de homicídio foi detido na manhã desta terça-feira (11) durante a Operação Vulcano, parceria da Prefeitura da Serra com o Corpo de...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!