• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 64.837 casos
  • 1.366 mortes
  • 62.968 curados
11.4 C
Serra
sexta-feira, 25 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 64.837 casos
  • 1.366 mortes
  • 62.968 curados

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Leia também

Câmara aprova prorrogação dos contratos dos professores em designação temporária

Após um intenso debate e com placar apertado de 10 votos favoráveis e 9 contrários, a Câmara da Serra...

Fortlev abre novas vagas de emprego para moradores da Serra

Líder nacional em soluções para armazenamento de água, a Fortlev abriu novas vagas de emprego para moradores da Serra....

Site de vacina da Serra recebeu 4 milhões de acessos simultâneos; número é maior que população do ES

Quatro milhões e 487 mil. Esse é o número de acessos simultâneos que o site da Prefeitura da Serra...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Durante a visita a empresa foi constatado filhotes com miíase. Foto: Divulgação

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no Bairro Hélio Ferraz, na Serra, a CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Janete de Sá, realizou uma diligência no local na manhã desta sexta-feira, 10, em conjunto com o Conselho Regional de Medicina Veterinária.

No local, a CPI verificou as condições dos animais, que são explorados pela empresa para fazer guarda patrimonial. De acordo com o responsável pela empresa, o grupo  possui hoje 10 animais, sendo 3 filhotes.

De acordo com laudo preliminar do CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), foi constatada higienização inadequada do local onde se alojam os animais e odor forte e desagradável de fezes e urinas. Uma fêmea rottweiler adulta com 3 (três) filhotes recém-parida foi examinada clinicamente e observado mucosas pálidas, escore de condição corporal inadequado, compatível com o puerpério. Um filhote apresenta ovos e larvas de miíase na região anal e perianal. Foi observada presença de ectoparasitas em pequena quantidade. Não foi apresentado cartão de vacina dos animais. Ração no local em pequena quantidade e armazenada em recipiente inadequado.

“O CRMV disse que existe negligência por parte do tutor. Diante do que foi apurado no local determinei a vistoria em todos os demais animais que estão sob guarda da empresa para a obtenção de mais informações a respeito dos animais. Vamos solicitar a ficha clínica dos animais atendidos pela médica veterinária, indicada pelo responsável pela empresa. A CPI também vai comunicar o município da Serra para que a Vigilância Sanitária e os órgãos do meio ambiente do município acompanhem o caso. Não vamos sossegar enquanto nossos animaizinhos não estiverem sendo tratados com respeito, cuidado e livres de qualquer ação exploradora do homem”, afirmou a deputada Janete de Sá, presidente da CPI.

Os animais não foram apreendidos.

A CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais recebe denúncias pelo e-mail [email protected]

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!