24.6 C
Serra
sábado, 26 de setembro de 2020

Em 24 horas, Serra registra mais moradores curados do que novos infectados

Leia também

Serra tem 500 mortes por Covid-19 e 15.635 casos confirmados da doença

Quinhentas pessoas morreram  na Serra em decorrência de complicações da Covid-19. A cidade que se encontra em risco baixo...

Carro pega fogo na BR 101 e deixa trânsito lento

  Um veículo pegou fogo em plena rodovia BR 101, próximo a loja C&C, em Carapina, na manhã deste sábado...

Voluntárias ajudam a mandar para reciclagem garrafas de cerveja descartadas por bares

Por um mês, as moradoras de Valparaíso Lílian Souto e Luzimar Santos se uniram a outros amigos voluntários para...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Jayme dos Santos Neves é um dos hospitais referências para o tratamento do coronavírus. Foto: Divulgação

A Serra vem demonstrando uma diminuição na quantidade de casos confirmados e mortes registradas diariamente. Nas últimas 24 horas, por exemplo, a cidade teve mais pessoas curadas do que infectadas. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foram 63 novos moradores infectados e 72 novas pessoas que moram na cidade, haviam sido contaminadas, mas agora estão curadas da doença.

Sobre os casos curados, segundo os dados divulgados pelo Governo do Estado, eles representam mais de 80% dos casos confirmados. Mesmo com as boas notícias, o Governo do Estado pede que a população continue respeitando as orientações: evitar aglomerações, usar máscara ao sair de sua residência, e se possível, ficar em casa.

Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde, sendo o bairro com maior número de casos confirmados, Colina de Laranjeiras também tem a maior quantidade de pessoas curadas na Serra. Dos 459 moradores infectados pelo coronavírus, 396 pessoas já estão livres do coronavírus.

Casos confirmados e óbitos nos bairros da Serra

Os bairros da cidade com o maior número de óbitos são: Feu Rosa (23), Bairro das Laranjeiras (21), Nova Carapina I (19), Vila Nova de Colares (18) e Morada de Laranjeiras (16). Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 32 e 43 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades. A taxa de letalidade da Serra é 3,95%.

Colina de Laranjeiras voltou a ser o bairro com maior número de casos confirmados de coronavírus na Serra e já tem 459 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 449. Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 85.215 confirmações, 2.600 mortes e 69.918 curados.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Carro pega fogo na BR 101 e deixa trânsito lento

  Um veículo pegou fogo em plena rodovia BR 101, próximo a loja C&C, em Carapina, na manhã deste sábado (26). Segundo informações de populares, o...

Voluntárias ajudam a mandar para reciclagem garrafas de cerveja descartadas por bares

Por um mês, as moradoras de Valparaíso Lílian Souto e Luzimar Santos se uniram a outros amigos voluntários para recolherem garrafas de cerveja descartadas...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!