22.6 C
Serra
domingo, 05 de julho de 2020

Diretora-presidente do Iema é exonerada  

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Andrea Carvalho ficou 1,5 ano à frente do Iema e antes havia comandado o Meio Ambiente da Serra na gestão anterior do prefeito Audifax Barcelos (Rede). Foto: Divulgação

Bruno Lyra

Foi exonerada na última quinta feira (18) a diretora-presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), Andrea Carvalho. A demissão foi assinada pelo secretário de Meio Ambiente do ES, Aladim Cerqueira.

Andrea, que é advogada, ficou à frente do órgão cerca de 1,5 ano. Antes disso, havia comandado a secretaria de Meio Ambiente da Serra, de onde saiu justamente para assumir o Iema.  Junto com ela foram exonerados também o diretor técnico, Décio Nora Ribeiro, e a assessora jurídica, Alessandra Palmeira Nepomuceno.

As exonerações ocorrem após o deputado Euclério Sampaio (PDT) acusar a existência de supostas fraudes no sistema de licenciamento online recentemente implantado no órgão, o Conecta.

Contrariada com a exoneração, Andrea negou que tenha participado de qualquer irregularidade. Disse inclusive que não foi a responsável pela implantação do sistema. “O Iema não é um órgão para dar jeitinho, mas uma instituição que se compromete em harmonizar preservação ambiental, qualidade de vida e desenvolvimento do estado”, afirmou.

A ex-presidente do Iema disse que quem irá assumir o cargo é Jader Mutzig, ex-secretário de Meio Ambiente de Aracruz e Vila Velha e considerado homem próximo a Aladim.  

Em dezembro, Andrea desmentiu uma afirmação da Vale de que o descarte de resíduos que a mineradora fez em Praia Mole durante as chuvas que caíram naquele mês era uma operação autorizada pelo Iema. A empresa acabou multada em R$ 1,62 milhão, mas se nega a pagar e está recorrendo.  

A reportagem entrou em contato com a assessoria do secretário estadual de Meio Ambiente, Aladim Cerqueira. Mas até o fechamento desta edição ele não comentou a exoneração nem as declarações de Andrea.  

 

 

 

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!