25.6 C
Serra
quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Decisão sobre o caso Neidia pode ter efeito na crise entre Executivo e Legislativo 

Leia também

Mato e lixo invadem rua na Praia da Baleia e incomoda moradores

Lixo doméstico, entulho, restos de poda de árvores e até animais mortos. É com tudo isso que moradores do...

Veja dicas de prevenção contra o novo coronavírus

O novo coronavírus que já matou mais de duas mil pessoas na china e em outros países está trazendo...

Polícia aponta aumento de ultrapassagens proibidas e acidentes nas BR’s no ES

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou durante os dias de Carnaval, de 21 a 26 de fevereiro, um aumento...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mesmo afastada, Neidia continua recebendo o salário integral de vereadora. Foto: Divulgação

Conceição Nascimento / Yuri Scardini

O meio político aguarda com tensão a decisão da Justiça pela condenação ou absolvição da vereadora Neidia Maura (PSD). A expectativa é de que até o final de abril a juíza responsável pelo caso, Letícia Maia Saúde, dê o veredito. A parlamentar é acusada pelos crimes de concussão (rachid), peculato e associação criminosa.

O retorno ou não de Neidia pode ser uma das variáveis para desequilibrar a crise política na Serra. Isso porque Neidia é uma das aliadas de Audifax na Câmara, e seu retorno tiraria outro vereador, o Fabão da Habitação (PSD), que faz parte do movimento de oposição liderado pelo presidente Rodrigo Caldeira (Rede).

Atualmente, a oposição contempla 16 parlamentares, que equivale a mais de 2/3 dos vereadores.Tal número pode trazer instabilidade política ao prefeito Audifax Barcelos (Rede), uma vez que é suficiente para cassa-lo do cargo. Num hipotético retorno de Neidia, em tese, a oposição perderia a maioria absoluta dos 2/3 e perderia força de atuação no Legislativo.

A defesa da vereadora Neidia Maura (PSD) tem até o dia 19 de abril para apresentar as alegações finais sobre a ação que tramita na 2ª Vara Criminal da Serra. Após as alegações finais, a juíza tem dez dias para decidir pela condenação ou pela absolvição.

Também é réu na ação o ex-controlador da Câmara, Flávio Serri, aliado de Neidia. Ele comentou o assunto. “Em relação à minha pessoa, a denúncia foi formulada pelo Ministério Público com base em mentiras contadas ao MP por uma determinada pessoa. Não tenho dúvida nenhuma de que conseguimos provar a nossa inocência. Acredito que vamos ter uma decisão favorável à minha pessoa, tendo em vista que o MP foi induzido ao erro. Acredito muito na Justiça capixaba, acredito muito na condução da juíza”.

Já Neidia, até o fechamento dessa edição, não foi encontrada. 

Comentários

Mais notícias

Veja dicas de prevenção contra o novo coronavírus

O novo coronavírus que já matou mais de duas mil pessoas na china e em outros países está trazendo bastante preocupação para os brasileiros....

Polícia aponta aumento de ultrapassagens proibidas e acidentes nas BR’s no ES

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou durante os dias de Carnaval, de 21 a 26 de fevereiro, um aumento de 121.53%  no número de...

Interesse Eleitoral é o tema da ‘Cidade, Cultura e Política’ desta semana

Diferentemente de cidades cuja eleição atende ao exclusivo interesse de seus munícipes, numa cidade como Serra é impossível não transbordar  para mais que o...

Obras na ArcelorMittal Tubarão vão gerar 920 postos de trabalho

Obras para reduzir a poluição e também para implantar usina de dessalinização da água do mar vão gerar 920 postos temporários de trabalho na...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem