29.5 C
Serra
segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

De energia a telefonia: lojas e cartórios da Serra têm 15 minutos para atender cliente

Leia também

Rede nacional diz que Serra vai ter candidato a prefeito e Audifax pode ser Governador

O Centro da Boa Convivência de Laranjeiras foi palco neste sábado (15) da Convenção Estadual da Rede Sustentabilidade. No...

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A espera após pegar a senha não pode ultrapassar os 15 minutos de segunda a sexta. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
A espera após pegar a senha não pode ultrapassar os 15 minutos de segunda a sexta. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Por Thiago Albuquerque

Quinze minutos. Este é o tempo que as empresas que prestam serviço na Serra, como EDP, Cesan, cartórios, Correios e até concessionárias de telefonia, como Vivo, Tim, Claro e Oi, terão para atender seus clientes em dias normais. Em dias precedentes ou posteriores a feriados prolongados o tempo de atendimento é de 25 minutos. Bancos não se enquadram nesta lei.

O projeto de Lei Nº 4.586 foi publicado no Diário Oficial dos Municípios na última segunda-feira (21).  As empresas terão 90 dias para se regularizar. O projeto é de autoria da vereadora e presidente da Câmara da Serra, Neidia Maura Pimentel (PSD).

As empresas precisam sempre fornecer aos usuários senhas numéricas de atendimento com data e horário que comprove o tempo de espera do atendimento.

Caso o consumidor espere por um tempo acima do permitido, a empresa infratora terá penalidades como advertência, com prazo de trinta dias para regularização; multa de R$ 5 mil na primeira autuação; e em caso de reincidência o valor da multa será dobrado.

Comentários

Mais notícias

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha de 2020. Em um evento,...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de alerta. Temem que a violência...

Feira de adoção de animais, promoções e samba agitam shopping no fim de semana

Poucas semanas antes da chegada do Carnaval, o capixaba que está à procura de preços baixos tem uma chance imperdível: o It Bazar +...

Evento de fortões em Guriri vai ter serranos participando

Neste sábado (15) vai ter Treinão Strong Show, em Guriri, às 15h, na praça Wilson Gomes, e vai ter serrano participando do evento. Um deles...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem