Cratera aberta há quase dois meses em frente a condomínio de Laranjeiras

0
A cratera foi aberta com as chuvas do último dia 30 e atingiu calçada e muro da Cesan . Foto: Fábio Barcelos
A cratera foi aberta com as chuvas do último dia 30 e atingiu calçada e muro da Cesan . Foto: Fábio Barcelos

Parte da pista da rua dos Ipês e do alambrado de uma área da Cesan em Santa Luzia, próximo ao Parque da Cidade, desabaram na superchuva do último dia 30 de outubro. Moradores do condomínio vizinho, o Bosque dos Ipês, reclamam que desde então nenhum reparo foi feito.

A síndica do condomínio Bosque dos Ipês, Aline Cardoso conta que comunicou o fato à prefeitura e à Cesan logo após a chuva. “Comunicamos a Secretaria de Obras, a Defesa Civil e a Cesan no dia 2 de novembro, mas até hoje não tivemos nem resposta”, reclama.

A assessoria da Cesan disse que encaminhou ofícios à Prefeitura para fazer a recomposição do pavimento do local, porque só depois que esse serviço for executado é que o alambrado poderá ser recolocado.

Prefeitura

A assessoria de imprensa da prefeitura disse que uma equipe foi ao local e fez o levantamento do custo da obra, cerca R$ de 200 mil. Mas só em janeiro vai definir a data em que o serviço será iniciado.

Comentários