20.3 C
Serra
sábado, 06 de junho de 2020

CPI vai investigar pó preto

Leia também

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O deputado Rafael Favatto (PEN) preside as comissões de Meio Ambiente e do pó preto
O deputado Rafael Favatto (PEN) preside as comissões de Meio Ambiente e do pó preto. Foto: Divulgação

Por Anderson Soares 

A participação das mineradoras da Grande Vitória na poluição do ar com emissão de pó preto será investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa. A CPI vai contar com o apoio do Centro Tecnológico da Universidade Federal do Espirito Santo (Ufes).

O Centro Tecnológico da Ufes deve auxiliar no detalhamento sobre o que compõe o pó preto nas diferentes localidades da Grande Vitória. Os responsáveis pelas mineradoras devem ser convocados para depor na comissão.

Além disso, o colegiado da CPI vai oficializar o Ministério Público Estadual (MP-ES), o Instituto de Meio Ambiente (Iema) e o Ibama, para que também possam ajudar. A CPI foi criada com assinatura de 26 deputados. Segundo o deputado Bruno Lamas (PSB), os trabalhos da CPI devem começar após carnaval e será conduzido pelos 5 membros efetivos da Comissão de Meio Ambiente. São eles: Rafael Favatto (PEN) Erick Musso (PP), Dary Pagung (PRP), Gildevan Fernandes (PV) além do próprio Bruno.

Comentários

Mais notícias

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!