• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Confira 14 dicas da polícia para se proteger na Black Friday

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Nesta sexta (24) é dia de “Black Friday” no Brasil. O dia é um movimento entre lojistas que dispõe de grandes descontos. Por isso, a Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão aos Crimes Eletrônicos (DRCE) e a Delegacia do Consumidor (Decon), está dando dicas para se proteger de golpes que possam acontecer neste dia.

A titular da DRCE, delegada Claudia Dematté, acredita que as facilidades de variedade de ofertas, a possibilidade de pesquisa rápida de preço e o acesso a uma variedade de produtos fizeram com que aumentasse o número de pessoas que realizam compras por meio da internet, e isso tem chamado a atenção de criminosos. “Se certos cuidados não forem tomados, o uso do comércio eletrônico pode se transformar em um problema para o consumidor, tendo em vista que pode aumentar o número de crimes cometidos por estelionatários que usam o comércio eletrônico para aplicar golpes”, alerta.

Para os casos de compras em lojas físicas, o titular da Delegacia do Consumidor, delegado Gabriel Monteiro, também dá alguns conselhos para o consumidor se proteger durante as compras realizadas no “Black Friday”. “Assim como nas compras pela internet, o comprador também deve verificar a reputação da loja física em que pretende fazer sua compra”, afirmou.

Outra orientação que ele dá é pesquisar o preço que o produto era comercializado antes do “Black Friday” para saber se, de fato, o produto está em promoção. Além disso, Gabriel Monteiro orienta o consumidor a sempre pedir a nota fiscal do produto.

Cuidados que devem ser tomados na hora de fazer as compras:

  • Desconfie de preços muito abaixo da média praticada pelo mercado;
  • Faça uma pesquisa de preços semanas antes para saber se o produto realmente está em promoção;
  • Pesquise sobre a qualidade ou reputação do vendedor, tanto para lojas físicas quanto para compras na internet;
  • Exija sempre a nota fiscal. Ela vai ajudar a evitar a compra de produtos falsificados e de procedência duvidosa.
  • Verifique se a Loja On-line oferece ambiente seguro. Procure no site da empresa os selos tais como “Internet Segura” ou “Site Seguro” que indicam que o site toma medidas de segurança para proteção das informações e dados passados pelos clientes;
  • Na hora de fechar a transação você deve observar se o navegador da internet exibe o ícone de cadeado na parte inferior ou na barra de endereços;
  • Verifique se o site de comércio eletrônico informa o CNPJ, o endereço físico e o telefone da empresa conforme o Decreto Lei 7962/2013 que regulamenta o e-commerce no Brasil recomenda;
  • Verifique se o prazo de entrega informado pelo site é muito longo. Se não for informado, demonstra que provavelmente não exista o produto em estoque;
  • Não guarde os dados do seu cartão de crédito para compras futuras;
  • Evite fazer compras a partir de computadores públicos ou redes públicas;
  • Tenha sempre cuidado com a segurança do seu computador ou dispositivo móvel. Mantenha seu sistema operacional e programas, principalmente os navegadores, atualizados;
  • Utilize sempre antivírus e mantenha-o atualizado;
  • Tenha muito cuidado com links, sites e possíveis e-mails falsos que direcionam para arquivos maliciosos;
  • Tenha muito cuidado com ofertas recebidas por e-mail e redes sociais: muitas vezes esses e-mails ou links em redes sociais vão direcionar a pessoa para sites falsos ou de reputação duvidosa. É recomendável que a pessoa abra uma nova tela e digite o endereço eletrônico da loja para verificar se no site realmente existe a oferta do produto que está sendo oferecido no e-mail ou rede social.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!