Comunidade católica realiza debate sobre violência contra a mulher

0
Comunidade católica realiza debate sobre violência contra a mulher
Seminário convida sociedade a refletir e debater sobre os diversos tipos de violência contra a mulher (Foto: Divulgação)

“Ponto final na Violência contra as Mulheres”. Este é o tema de um seminário que vai acontecer no dia 1º de junho, a partir das 14h30, na igreja da Comunidade Nossa Senhora das Graças, que fica em Centro Residencial da Serra, próximo ao ponto final do bairro.

O evento é uma realização da comunidade católica do bairro com o apoio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Seppom). Toda a comunidade está convidada para debater a realidade da violência doméstica e assistir à palestra da secretária da Seppom, Luciana Malini, que vai falar sobre os direitos da mulher e as políticas de proteção e de combate à violência.

Em meio aos avanços na legislação e nos mecanismos de proteção e de denúncia, os dados acerca desse tipo de violência no Espírito Santo são alarmantes e preocupam autoridades e sociedade civil. O estado contabilizou 33 assassinatos classificados como feminicídio no ano de 2018. Os números são da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), que ainda informa que 93 mulheres morreram em todo o ES no ano passado. Um terço desses casos é de feminicídio.

De janeiro a setembro do ano passado, 11.591 boletins de ocorrência por agressão contra mulheres foram registrados nas Delegacias Especializadas em Atendimento a Mulher (Deam) do estado, o que dá uma média de 42 casos por dia. O Espírito Santo é um dos que mais registram casos de violência contra a mulher no Brasil.

Comentários