26.7 C
Serra
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Com mais quatro moradores mortos em 24h, Serra já possui 450 óbitos por Covid-19

Leia também

Em perseguição na Abdo Saad, em Jacaraípe, polícia recupera moto roubada

Na noite da última quinta-feira (24), policiais militares que faziam ronda recuperaram uma  moto roubada, Honda - modelo CG...

Prefeitura vai entregar obras do Hospital Materno Infantil neste sábado (26)

As obras do Hospital Materno Infantil Drª Maria da Glória Merçom Vieira Cardoso serão entregues neste sábado (26), às...

Comerciantes de Pitanga se unem e fazem campanha para movimentar comércio do bairro

Comerciantes de Pitanga se uniram e estão fazendo uma campanha para movimentar a economia do bairro. Pensando em atrair...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Na foto, UTI do Hospital Jayme dos Santos Neves, que é referência no atendimento ao coronavírus. Foto: Divulgação / Sesa

Após registrar uma diminuição no número de mortes diárias causadas pela Covid-19, a Serra teve um novo aumento: seis moradores perderam a batalha contra o coronavírus em apenas 24 horas. O município segue sendo o com mais óbitos pelo vírus em todo o Espírito Santo e o terceiro com mais casos confirmados. No total, são 12.233 infectados, 450 mortos e 10.752 curados. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e são válidos até as 17 horas desta quarta-feira (12).

Conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, a Serra vem demonstrando uma certa desaceleração no número diários de casos confirmados e óbitos, chegando a ficar dois dias sem registrar mortes pela Covid-19. Isso não significa que parou de morrer pessoas por complicações do vírus na cidade, mas que os dados atualizados diariamente são bem menores do que no ponto mais crítico da pandemia, que ocorreu nos meses anteriores, como junho e julho.

Vale destacar que o Governo do Estado continua recomendando que a população mantenha as medidas de segurança para evitar o avanço do coronavírus em terras capixabas. Sendo assim, evitar aglomerações, usar máscara ao sair de casa, e se possível, manter o isolamento social, continuam sendo medidas de extrema importância. Sobre as novas mortes registradas, não há informações pessoais sobre as vítimas, como sexo, idade, bairro onde morava e nem em qual hospital estavam internadas.

Os bairros da cidade com o maior número de óbitos são: Feu Rosa (23), Bairro das Laranjeiras (23), Nova Carapina I (19), Vila Nova de Colares (18) e Morada de Laranjeiras (18). Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 32 e 43 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades. A taxa de letalidade da Serra é 3,7%.

Colina de Laranjeiras voltou a ser o bairro com maior número de casos confirmados de coronavírus na Serra e já tem 545 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 505. Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 94.478 confirmações, 2.783 mortes e 80.509 curados.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Prefeitura vai entregar obras do Hospital Materno Infantil neste sábado (26)

As obras do Hospital Materno Infantil Drª Maria da Glória Merçom Vieira Cardoso serão entregues neste sábado (26), às 9h30, em Colina de Laranjeiras....

Comerciantes de Pitanga se unem e fazem campanha para movimentar comércio do bairro

Comerciantes de Pitanga se uniram e estão fazendo uma campanha para movimentar a economia do bairro. Pensando em atrair mais consumidores, um grupo está...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!