• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados

Clínicas veterinárias podem ser obrigadas a incentivar adoção de pets

Leia também

Prefeitura da Serra volta a fechar acesso à Rotatória do Ó para obra de duplicação

Na manhã dessa terça-feira (13) motoristas que seguiam pela Avenida Paulo Pereira Gomes sentido Laranjeiras, voltaram a ter que...

Cesan deixa esgoto vazando em frente a comércios e residências em bairro da Serra

Um vazamento de esgoto está deixando moradores e comerciantes de bairro da Serra em uma situação complicada e fedorenta....

Após paralisação dos rodoviários, ônibus do Transcol ficam superlotados na Serra

Logo após causar transtornos na vida de milhares de capixabas, a paralisação promovida por rodoviários do sistema Transcol deixaram...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Muitos animais precisam de adoção no Espírito Santo. Foto: Divulgação

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 592/2020, que obriga clínicas veterinárias e outros estabelecimentos que atendem animais domésticos a afixar cartazes que incentivem e promovam a adoção de pets. A proposta valerá para todo o Espírito Santo.

O cartaz deve conter informações sobre a importância da adoção responsável e ser exposto em local de fácil visibilidade para o público.

O texto do projeto informa que, no Espírito Santo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a estimativa é que mais de 30 mil animais estejam em estado de abandono só na Grande Vitória.

Se virar lei, a matéria prevê penalidades como advertência e multa no descumprimento da obrigatoriedade.

O PL, de autoria do deputado Capitão Assumção (Patri), será analisado pelas comissões de Justiça, Meio Ambiente, Saúde e Finanças, antes de ser encaminhado para a votação em plenário.

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!