27.1 C
Serra
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Cidade poderá ter filial da Câmara de Comércio Brasil – Bélgica

Leia também

EDP abre inscrições para Programa de Estágio com seleção 100% virtual e metade das vagas para estudantes negros

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, está com inscrições para o programa de estágio. A Companhia...

Serra vai distribuir mais de 70 mil kits de merenda para alunos da rede municipal

A Prefeitura da Serra vai distribuir mais de 70 mil kits de merenda para todos os alunos matriculados na...

Ao custo de R$ 7 milhões, prefeitura deve entregar revitalização de Serra Sede em setembro

Com a promessa de atrair novos turistas e movimentar a economia local, a Prefeitura da Serra deve entregar em...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

A informação é do secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, José Eduardo Azevedo. (Foto: Everton Nunes/PMS)

A Serra deverá ter, em 2020, uma filial da Câmara de Comércio Brasil – Bélgica. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, José Eduardo Azevedo, o anúncio foi feito no final de novembro pelo cônsul honorário da Bélgica, Jean-François Levitre, e o presidente da Câmara de Comércio Brasil-Bélgica, Rudinei Carapinheiro, durante reunião com o prefeito Audifax Barcelos e o próprio José Eduardo.

O secretário disse que a filial pode estreitar relações comerciais não só com o país europeu, mas também com empresas de outras nações do Velho Continente. “A Bélgica tem portos importantes e conexão com toda a Europa; fica lá a sede da União Europeia. A Serra é uma cidade com grande vocação logística e, por isso, acreditamos que vá render bons frutos a instalação dessa filial”, frisa.

José Eduardo revelou, ainda, que o consulado belga em terras capixabas vai ficar em Laranjeiras. “É importante que haja esse deslocamento de câmaras de comércio e consulados para a Serra, pois a cidade tem grande relevância na economia do Espírito Santo”, frisa.

No entanto, o secretário não soube informar se há algum negócio em curso entre empresas belgas e serranas.

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Serra vai distribuir mais de 70 mil kits de merenda para alunos da rede municipal

A Prefeitura da Serra vai distribuir mais de 70 mil kits de merenda para todos os alunos matriculados na rede de ensino municipal. A distribuição...

Ao custo de R$ 7 milhões, prefeitura deve entregar revitalização de Serra Sede em setembro

Com a promessa de atrair novos turistas e movimentar a economia local, a Prefeitura da Serra deve entregar em setembro as obras de revitalização...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!