23.7 C
Serra
sábado, 16 outubro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Chuva causa desabamentos, buracos e alagamentos na Serra

Leia também

Câmara da Serra lança campanha para arrecadar e distribuir absorventes íntimos

A discussão sobre pobreza menstrual mobilizou a Mesa Diretora da Câmara da Serra. O presidente da Casa, vereador Rodrigo...

Serrana consegue anular dívida de R$ 14 mil após procurar ajuda no Procon-Ales

Com base na Lei 11.353, de autoria do deputado Vandinho Leite, que diz que moradores atuais das residências não...

Vidigal anuncia programa para castração e recolhimento de cães e gatos no município

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, anunciou na tarde desta sexta-feira (15) que está criando, por meio da secretaria...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A Defesa Civil emitiu alerta de inundação para a Serra. Foto: Arquivo

A Serra é o quarto município do Espírito Santo com maior acumulado de chuva. Ao todo, de acordo com a Defesa Civil Estadual choveu na cidade 122 milímetros.

Segundo a Prefeitura da Serra, entre segunda (11) e terça-feira (12), não foram feitos atendimentos emergenciais pela Defesa Civil.

“Já na segunda-feira (11), nove demandas relacionadas às chuvas foram atendidas. Os casos aconteceram em Laranjeiras Velha, Balneário de Carapebus, Hélio Ferraz, Vila Nova de Colares, Serra Dourada, Nova Carapina II, Nova Almeida, Jardim Carapina e Cidade Continental”, disse por meio de nota.

Ainda de acordo com o município, as ocorrências foram sobre desabamentos, vazamento de esgoto, alagamentos e aparecimento de buracos na pista.

De acordo com informações da Defesa Civil Estadual, a Serra está entre os quatro municípios que possuem risco moderado para deslizamento de terra e inundações e estão sendo monitorados, pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. Os outros três são Cariacica, Vila Velha, Viana.

Informações do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) dizem que o Espírito Santo está em estado de alerta de até a quarta-feira (13) devido a persistência das condições favoráveis para chuvas de intensidade moderada a forte, que podem resultar em acumulados significativos em algumas regiões do Estado. As temperaturas devem chegar à máxima de 22 graus e mínima de 18.

A Defesa Civil do Espírito Santo também emitiu alerta e pediu para que as pessoas evitem áreas de risco e procure abrigo em locais seguros. O volume de chuva pode causar alagamentos.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) pode chover de 50 a 100 milímetros por dia. Há também possibilidade de ventos intensos que podem chegar a 100km por hora. Há risco de corte de energia elétrica, alagamentos, descargas elétricas e queda de galhos de árvores.

Defesa Civil de prontidão

A Defesa Civil da Serra está de prontidão e segue monitorando a situação da cidade e, nos casos de emergência, tem o plantão 24h que pode ser acionado no telefone (27) 9 9938-9500.

O órgão municipal salienta que, em qualquer sinal de risco, os moradores precisam o acionar imediatamente.

 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!