• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Casagrande sanciona lei que inclui igrejas na lista de atividades essenciais

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Igrejas podem funcionar mesmo que seja decretado um bloqueio total no Estado. Foto: Arquivo TN

O governador Renato Casagrande (PSB) sancionou a lei que estabelece as atividades de igrejas e demais templos religiosos como essenciais. Dessa forma, o funcionamento desses locais não pode ser impedido, mesmo que ocorra um bloqueio total – lockdown – por conta da pandemia causada pelo coronavírus. A nova lei foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (20).

De acordo com o texto da lei, “poderá ser realizada a limitação do número de pessoas presentes em tais locais, de acordo com a gravidade da situação e desde que por decisão devidamente fundamentada da autoridade competente, devendo ser mantida a possibilidade de atendimento presencial em tais locais”.

Na Assembleia Legislativa, o projeto de lei que é de autoria dos deputados Marcos Mansur (PSDB) e Danilo Bahiense (PSL), foi aprovado em regime de urgência, em sessão on-line no dia 8. Os parlamentares justificaram o PL considerando que igrejas exercem atividades que são consideradas essenciais para manutenção da tranquilidade espiritual da sociedade num momento de crise de toda ordem provocada pela pandemia.

Na Serra, os números do novo coronavírus mostram uma certa diminuição na quantidade de casos confirmados registrados diariamente. Apesar disso, as mortes diárias continuam altas. Nas últimas 24 horas, seis moradores da cidade perderam a vida por causa da Covid-19. No total, são 9.767 infectados, 385 óbitos e 8.054 curados. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!