Serra, 20 de julho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 30 de Maio de 2018 às 9:47

Carnes, frutas e verduras começam a faltar em feiras e supermercados


Consumidores em supermercado de Laranjeiras: dificuldade com alimentos frescos e expectativa de queda nas vendas em 20%, por conta da greve dos caminhoneiros. Foto: Arquivo TN

Gabriel Almeida

Se na manhã desta quarta-feira (30) os caminhoneiros seguirem bloqueando as passagens de veículos de carga, a greve entrará no seu 10º dia. E com ela o fantasma da falta de comida para o morador da Serra e demais cidades da Grande Vitória.

O presidente da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps), João Falqueto, disse que o setor já começa a ter falta de alguns produtos, como frutas, verduras e folhas. As carnes resfriadas de boi, frango e porco já estão escassas.“Os produtos que não são fabricados pelas lojas já estão em falta. Continua crítica a questão de frutas, verduras e folhas. A carne bovina começa a entrar num processo de escassez, mais de 90 % da venda dela é resfriada.Foram abatidos na última segunda-feira (28) apenas 120 animais. O normal é cerca de 700 a 800. O que já estava desabastecido , hoje não conseguimos comprar”, detalha.

João salienta ainda que quem quiser comprar carne de porco e de frango congelado os supermercados ainda têm. Segundo ele os estoques já estão virando mercadoria de loja “As partes congeladas, como moela, coração, peito e o frango congelado tem ainda.Estoques de arroz, feijão, macarrão e farinha também, pois temos um restinho de fôlego pelo fato de possuirmos centros de distribuição de grandes lojas aqui na Serra. Mas já tem município passando necessidade”, alerta, ressaltando que a entidade condena o aumento abusivo dos preços.   

O empreendedor Fellipe de Souza Carvalho Duarte, que tem uma feira itinerante com ônibus adaptado atendendo bairros e condomínios da Serra, já está sem parte dos alimentos que vende. “Falta 50% dos produtos e os preços estão muito altos. Batatas, maçã, pêra, uva, ameixa estão faltando. Estou sem funcionar. Vou esperar tudo normalizar para oferecer o melhor atendimento e todos os produtos para o cliente”, afirma.

Ceasa diz que está sendo abastecida parcialmente

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (CEASA-ES), que disse que na manhã da última terça-feira (29), entraram na Central 201 caminhões com hortaliças, frutas e legumes de procedência capixaba, que irão abastecer o Estado.

Segundo a assessoria o fluxo de produtores no local está 70% do habitual. A reportagem questionou se haveria alguma estratégia alternativa de abastecimento caso a greve prossiga e o cenário se agrave, mas a Ceasa não se pronunciou sobre o assunto.




O que você acha ?

Como você avalia o primeiro semestre do governo Audifax?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por