28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Caravelas-portuguesas surgem em praia da Serra e Prefeitura emite alerta | Veja cuidados

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Caravela-portuguesa em Manguinhos: banhistas devem evitar contato com o animal. Foto: Divulgação

O aparecimento de um animal, conhecido como caravela-portuguesa, na praia de Manguinhos, acendeu um alerta para os 23 quilômetros de litoral da Serra.

A Prefeitura da Serra emitiu um aviso sobre as caravelas que quando entram em contato com a pele humana podem causar queimaduras.

“A secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Serra alerta a população sobre o aparecimento dos organismos vivos conhecidos como caravelas-portuguesas nas praias do município. É importante evitar ao máximo o contato, uma vez que eles queimam a pele como mecanismo de defesa”, disse a Prefeitura.

Como a espécie é colorida, ela chama atenção das crianças, que tentam pegá-las. O aparecimento desses organismos é esperado para este período do ano. Este da foto foi avistado na praia de Manguinhos, mas é necessário ter atenção em todo município.

O contato com a caravela-portuguesa é altamente perigoso. Ela oferece grande risco, pois pode causar queimaduras de até 3º grau, devido aos seus tentáculos, que liberam uma substância extremamente urticante.

Ao avistar a presença deles na areia é importante manter distância. No caso do aparecimento de um grande número desses animais é recomendado também evitar entrar na água.

Caso o contato não seja evitado e a queimadura ocorra, é recomendado lavar a região com água do mar, evitando o contato das mãos e depois utilizar vinagre para neutralizar a ação da toxina. Se as dores não passarem, um médico deve ser consultado.

Vale destacar também que as caravelas não atacam banhistas. Contudo, o contato com uma, mesmo depois de morta, provoca lesões na pele e no sistema nervoso. Esse contato com os tentáculos ou por toxina é dolorido e causa desde coceiras e vermelhidão até queimaduras graves, de terceiro grau.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!