17.4 C
Serra
sábado, 30 de Maio de 2020

Capixaba Victor Rangel está pronto para estrear com camisa do Botafogo

Leia também

Com 569 mortes por Covid-19, Estado investiga outros 41 óbitos suspeitos

Quarenta e um óbitos estão sendo investigados no ES para saber se as pessoas morreram de Covid-19. O Espírito...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira - dia 1º de junho - os shoppings centers da Grande Vitória poderão abrir...

Sobe para 2.374 o número de casos confirmados de coronavírus na Serra

Continua subindo o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. De acordo com a última atualização divulgada pela...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Victor já treina no Botafogo e pode estrear com a camisa alvinegra antes da Copa da América. (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O atacante capixaba Victor Rangel, que é de Nova Almeida, na Serra, já é jogador do Botafogo/RJ. Victor, de 28 anos, assinou contrato até o fim do Campeonato Carioca de 2020 e está treinando com a camisa alvinegra. Até o mês passado, ele defendia as cores do CRB de Alagoas. O TEMPO NOVO conversou com o novo craque do “Glorioso” e falou sobre suas expectativas no novo clube e, também, a respeito do futebol capixaba. Confira:

TEMPO NOVO: Qual sua expectativa para jogar num clube de grande torcida em todo o Brasil?

Victor Rangel: Bem, a expectativa é a melhor possível. Já joguei em algumas grandes equipes e pude adquirir experiência e espero aproveitar essa oportunidade da melhor maneira possível.

 

– Já tem uma data para a sua estreia com a camisa alvinegra?

Já estou à disposição do treinador. Pode ser na próxima quarta-feira (dia 12), último jogo [do Botafogo] antes da Copa América; ou até mesmo depois dessa competição, quando volta o Campeonato Brasileiro.

– O contrato com o Botafogo vai até quando?

Meu vínculo com o clube vai até 30 de abril de 2020, quando termina o Campeonato Carioca.

– E como foi a recepção no novo clube?

A recepção foi muito legal; todos me receberam muito bem e fico feliz por isso.

– E suas expectativas no Botafogo quanto a títulos, gols…?

Bem, eu vou dar meu melhor no dia a dia e, quando tiver oportunidade, quero aproveitar da melhor maneira possível para ajudar o clube em seus objetivos.

– Em quais clubes no Espírito Santo você atuou antes de ir para outros estados?

Meu começo profissional foi no Aracruz, em 2011, e ESSE de Colatina. Em 2012, joguei pelo Vitória, onde fui premiado como revelação e atacante da seleção do campeonato. Após ter jogado a Copa Santa Catarina no 2º semestre e o Carioca de 2013 pelo Madureira, joguei o 2º semestre pelo Cachoeiro. Em 2014, joguei pela Desportiva Ferroviária e, depois, voltei para o Cachoeiro.

– Na sua opinião, o que o futebol capixaba precisa para crescer?

O nosso futebol do Espírito Santo precisa de apoio para crescer. Temos diversas empresas que poderiam ajudar no desenvolvimento desse esporte no estado, já que existem muitos jogadores talentosos.

Comentários

Mais notícias

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira - dia 1º de junho - os shoppings centers da Grande Vitória poderão abrir as portas com restrições que...

Sobe para 2.374 o número de casos confirmados de coronavírus na Serra

Continua subindo o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!