Câmara rejeita projeto e deixa 200 carroceiros sem indenização e trabalho, diz Prefeitura | Portal Tempo Novo

Serra, 27 de junho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 12 de junho de 2019 às 10:16

Câmara rejeita projeto e deixa 200 carroceiros sem indenização e trabalho, diz Prefeitura

Por Gabriel Almeida
[email protected]

Vereadores não aprovaram projeto em sessão realizada na última segunda-feira (10). Foto: Gabriel Almeida

Após os vereadores da Serra derrubarem um projeto do Poder Executivo que pretendia regularizar a situação dos carroceiros na cidade, quase 200 trabalhadores que entregaram as carroças e animais para a prefeitura ficarão sem receber a indenização que seria dada pelo município. A proposição do prefeito Audifax Barcelos (Rede) proibiria a circulação de veículos com tração animal regulamentada por uma lei estadual, mas iria indenizar os carroceiros, além de oferecer cursos de qualificação profissional.

Como os vereadores não aprovaram o PL 66/2019 em sessão realizada na última segunda-feira (10), a Prefeitura da Serra não poderá indenizar os carroceiros que se inscreveram no programa de regularização no inicio deste ano. Vale destacar, que já existe uma lei estadual que proíbe a circulação de carroças em cidades com mais de 100 mil habitantes há dois anos e a Serra criou esta lei municipal para regularizar a situação dos trabalhadores.

De acordo com o texto rejeitado por 14, dos 23 vereadores, caso fosse aprovada, a lei iria “proibir a utilização de veículos movidos a tração animal, a condução de animal com cargas ou qualquer exploração animal para este fim nos limites do perímetro urbano”, mas daria oportunidades para os carroceiros que entregassem os animais e os veículos.

Além de receber um subsídio e uma indenização, os trabalhadores poderiam se qualificar profissionalmente e serem encaminhados para o mercado de trabalho. No projeto enviado a Casa de Leis, Audifax destacou que o município identificou a necessidade de regulamentar a circulação de carroças e outros veículos de tração animal.

O prefeito também afirmou que os carroceiros, que vivem exclusivamente desta atividade, estão à margem da sociedade, em condições de vulnerabilidade social. Leia o projeto enviado pelo executivo na íntegra, clicando aqui. 

O projeto de lei tinha sido enviado para a Câmara pelo prefeito da Serra, Audifax Barcelos e pretendia regularizar a situação dos carroceiros na cidade. Foto: Arquivo TN/Ana Paula Bonelli

Derrubada de projeto pode deixar a cidade mais suja

Outro problema gerado pela não aprovação do PL enviado pelo executivo é que, segundo a prefeitura, os vereadores enfraqueceram a campanha para acabar com o descarte irregular de entulho na cidade, já que grande parte dessa categoria acaba descartando resíduos em locais que são proibidos. Para se ter uma ideia, só este ano, a Serra já teve que limpar um lixão – que é utilizado para descarte de entulho no bairro Hélio Ferraz – mais de 25 vezes.

Em nota, a prefeitura disse que vai continuar fiscalizando e multando os carroceiros que descartam lixo de forma irregular. “A prefeitura já realiza ações de fiscalização pelo município, a fim de coibir aqueles trabalhadores que fazem mal uso de suas carroças, descartando o entulho irregularmente. A não aprovação da lei enfraquece a campanha para acabar com o descarte irregular de entulho”, disse em nota.

A prefeitura ainda destacou que a proibição na cidade continua, sendo assim os carroceiros não podem circular no perímetro urbano do município.




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Renato Casagrande no Governo do Estado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por