26.6 C
Serra
segunda-feira, 06 de julho de 2020

Aumenta número de motoristas flagrados sem cinto nas rodovias federais no ES

Leia também

População pode conferir gastos da prefeitura com a covid-19

Para facilitar a busca da população por informações, a prefeitura da Serra criou um acesso rápido no site da...

Moradora faz campanha para arrecadar agasalhos para pessoas carentes na Serra

Sentir frio não é nada bom! E pensando nisso, uma moradora de Laranjeiras está fazendo uma campanha para arrecadar...

Projeto Social faz desinfecção em bairros com grande número de casos de coronavírus

Através da parceria com a empresa Jan Pro Serviços de Limpeza, o Projeto SER – Solidariedade Educação e Responsabilidade...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Ao todo foram fiscalizados 2.779 veículos de 28 de dezembro de 2019 a 1 de janeiro de 2020. Foto: PRF

Mais de 2.700 veículos foram fiscalizados durante a Operação de Ano Novo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais do Espírito Santo.

A operação foi realizada do dia 28 de dezembro de 2019 a 1 de janeiro de 2020 e segundo a PRF 2.779 veículos foram fiscalizados. Chamou a atenção o número de pessoas, tanto condutores, quanto passageiros que não estavam utilizando o cinto de segurança. Comparado com o mesmo período do ano passado, verificou-se um crescimento de 34,59% no número de infrações flagradas. Em 2018/2019, 159 foram flagrados sem o cinto de segurança. Já de 2019 para 2020, este número aumentou para 214.

O número de acidentes diminuiu em relação ao ano passado. Foram 35 na virada de 2018 para 2019. Já este ano, o número caiu para 31, representando uma diminuição na ordem de 11,42%.

No que diz respeito ao número de feridos, também houve diminuição: sendo 49 em 2018/2019, para 45 neste ano. Ficou inalterado o número de óbitos nas rodovias do Espírito Santo, sendo 1 para cada ano. Neste ano, ocorreu uma morte não instantânea, ou seja, a vítima veio a óbito posteriormente, dentro de uma unidade hospitalar*.

Essa é a segunda etapa da Operação Rodovida (2019-2020), que se estenderá até o Carnaval.

A operação também fiscalizou o estado dos equipamentos obrigatórios e sistemas de iluminação dos veículos. A PRF observou também as tradicionais infrações de percurso, entre elas: ultrapassagens proibidas ou forçadas, fiscalizações de alcoolemia e excesso de velocidade.

Comentários

Mais notícias

Moradora faz campanha para arrecadar agasalhos para pessoas carentes na Serra

Sentir frio não é nada bom! E pensando nisso, uma moradora de Laranjeiras está fazendo uma campanha para arrecadar agasalhos para serem doados para...

Projeto Social faz desinfecção em bairros com grande número de casos de coronavírus

Através da parceria com a empresa Jan Pro Serviços de Limpeza, o Projeto SER – Solidariedade Educação e Responsabilidade social, está realizando uma ação...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!