Audifax vai a Brasília em busca de dinheiro para o Hospital Materno Infantil

0
Audifax vai a Brasília em busca de dinheiro para o Hospital Materno Infantil
O prefeito da Serra disse que vai até Brasília entregar uma proposta para o Governo Federal. Foto: Gabriel Almeida

Nesta quarta-feira (9), o prefeito Audifax Barcelos (Rede) vai a Brasília tentar uma parceria com o Governo Federal para custear os gastos anuais do Materno Infantil. O hospital será inaugurado em março do próximo ano e custará cerca de R$ 10 milhões por mês, o que daria um total de R$ 100 milhões anualmente.

Para o TEMPO NOVO, o prefeito adiantou que entregará uma proposta para o Governo, onde será comprovado que o hospital não atenderá somente a Serra, e com isso, todo o custo poderá ser pago pelo Ministério da Saúde. Segundo Audifax, o Materno Infantil vai receber pacientes da Bahia e de Minas, além de outras cidades capixabas.

“Estarei indo em Brasília nesta quarta levar uma proposta para que o Materno Infantil seja totalmente custeado pelo Governo Federal. Irei levar dados do nosso sistema de saúde que comprova que a Serra já atende outras cidades capixabas em suas unidades, e agora, com o hospital irá atender até outros estados”, disse Audifax.

Ainda segundo o prefeito, serão gastos por mês, cerca de R$ 10 milhões, o que daria o montante de R$ 100 milhões por ano. “O hospital será inaugurado em março do ano que vem e seu custo mensal irá ser de R$ 10 milhões”, explica.

Hospital vai fazer 8.700 partos por mês

Vale lembrar que a projeção é que se faça 8.700 partos por mês. Comparativamente, significa que em um intervalo de 10 anos, o Hospital Infantil da Serra vai dar a luz a uma população semelhante à totalidade da cidade de Aracruz.

Quando inaugurado, o Hospital terá 135 leitos, sendo 60 maternos e 75 pediátricos. Segundo a Prefeitura, haverá também uma Política do Parto Humanizado, com a inserção do acompanhante no processo de atendimento ao bebê e à gestante. Haverá o leito chamado “PPP”: Pré-parto, Parto e Pós-parto, ou seja, as gestantes permanecerão até sua alta com o recém nascido. O direito do acompanhante também está garantido.

Entre os serviços a serem oferecidos no novo hospital estão ultrassonografia e acompanhamento do recém-nascido (followup), cujo objetivo é detectar precocemente possíveis problemas que possam surgir após a alta.

O Hospital Materno Infantil contará ainda com banco de leite, todas as vacinas necessárias ao bebê, além dos testes de linguinha, orelhinha, pezinho, quadril, coraçãozinho e olhinho.

A unidade está sendo construída em Laranjeiras, em uma área de 25 mil metros quadrados. Será composta por três pavimentos distribuídos em assistência materno-infantil, serviços de apoio diagnóstico e terapêutico.

Visita em obras com jornalistas

Nesta terça-feira (8), o prefeito Audifax está realizando uma visita, juntamente com jornalistas, nas principais obras da Serra.

Comentários