• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.4 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Após morte do ex-vereador Gildo Gomes, presidente da Câmara da Serra decreta luto oficial de 3 dias no Legislativo

Leia também

ES é o sexto estado que mais vacinou contra a gripe no Brasil

Mais de 12% do público-alvo que deve receber a vacina contra a gripe já foi imunizado no Espírito Santo....

Lixão em Novo Porto Canoa tira sono de moradores que pedem providência

Um imenso lixão está se formando na Avenida Amazonas, em Novo Porto Canoa, no terreno que fica em frente...

Festival apresenta 12 atrações musicais capixabas de diferentes estilos e linguagens

Doze atrações musicais capixabas com performances que entregam grito por diversidade e liberdade. E mais: dança, rock, fala, hip...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Gildo Gomes morreu nesta sexta-feira (9). Foto: Divulgação

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira (PRTB) decretou luto oficial de três dias, em alusão ao falecimento do ex-vereador da Casa, Gildo Gomes. Caldeira também redirecionou as bandeiras do Brasil e da Serra a meio mastro.

“Recebi com muito pesar a notícia do falecimento do ex-vereador Gildo Gomes, que deixou um legado importantíssimo na política, principalmente no Legislativo Serrano. Nossos sinceros sentimentos a seus familiares e amigos”, declarou Caldeira por meio de nota.

Trajetória:

Gildo Gomes foi vereador da Serra por dois mandatos consecutivos de 1997 a 2004 e se notabilizou por uma ferrenha oposição ao então prefeito Sérgio Vidigal, seguindo a mesma linha do irmão, Gilson Gomes, que na época era deputado estadual.

Ele era servidor efetivo da Assembleia Legislativa e era o presidente do Sindilegis, sindicato que reúne os servidores daquele Poder.

O ex-vereador foi sepultado nesta sexta-feira (9), na Serra. Deixa esposa e duas filhas.

 

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!