27.7 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Após Caldeira ignorá-lo, Walnildo ameaça ir a Justiça para ocupar vaga de vereador

Leia também

Nove de cada dez leitos para covid já estão ocupados na Grande Vitória

A Região Metropolitana, da qual a Serra, faz parte, esta com ocupação de leitos de UTI, segundo dados do...

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Wanildo acusa Caldeira de protelar sua posse ao cargo de vereador.

Após o afastamento do vereador Nacib Haddad (PDT), o primeiro suplente do parlamentar, Wanildo Sarnaglia (Avante), está prometendo entrar na Justiça para assumir o mandato, já que mesmo após oficializar um pedido ao presidente da Câmara da Serra Rodrigo Caldeira (Rede), o suplente não obteve retorno.

O pedido de Wanildo foi oficializado na Câmara na última sexta-feira (10) e de acordo com Wanildo, a Casa de Leis não entrou em contato com ele e o prazo para resposta era de 24h. “Fiz o pedido para assumir na sexta-feira e o prazo para resposta era de 24h, mas não recebi nenhuma resposta ainda. Quando o vereador Fabão da Habitação assumiu, o prazo de resposta foi esse que citei”, afirma.

O suplente ainda promete entrar na Justiça caso Rodrigo não o convoque. “Em nenhum momento o Rodrigo entrou em contato comigo. Estou esperando ele me procurar porque eu procurar é difícil. Acho que tem que partir dele. Ele que é o cabeça e ele que decide junto com a procuradoria dele. Caso eu não seja convocado, iremos acionar a Justiça”, disse.

Algumas semanas atrás, o Tempo Novo já tinha conversado com ele, na ocasião ele também cobrou de Caldeira a nomeação: “É um direito meu (ser convocado). Não adianta eu entrar lá e ter que sair alguns dias depois, eu vou esperar. É obrigação do presidente da Câmara (Rodrigo Caldeira) me convocar, os cargos comissionados já foram exonerados, então a obrigação é do Caldeira me convocar, isso se ele tiver interesse né”, disparou Wanildo.

Nacib foi afastado pela Justiça em uma ação movida pelo Ministério Público que o acusa de formar cartel de empresas para ganhar licitações. Denúncias que Nacib nega. No último dia 3,  o Tribunal de Justiça negou o pedido de habeas corpus de Nacib, que deve dificultar seu retorno de curto prazo e faz com que Wanildo ganhe força para assumir a vaga.

Nos bastidores sabe-se que o grupo de oposição vem fazendo investidas em Wanildo no sentido de integra-lo ao movimento contra Audifax. Segundo um vereador que pediu anonimato: “Só vão convocar ele (Wanildo) se ele rezar a cartilha da oposição, foi assim com Fabão (suplente da vereadora afastada Neidia Maura)”, disse.

A reportagem procurou a Câmara para se posicionar, mas não houve retorno.

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu leitos de UTI e enfermaria...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!