20.7 C
Serra
quarta-feira, 22 setembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Alimentação adequada ajuda a melhorar a qualidade do sono, diz especialista

Leia também

Vendaval destrói poste e deixa bairro da Serra sem energia elétrica

O vendaval da noite desta terça-feira (21) está deixando estragos em alguns bairros da Serra. Em Vila Nova de Colares,...

Calorão na Serra dá lugar a chuva e ventos de até 40 km/h nessa quarta-feira

No dia em que marca a passagem para a Primavera no Hemisfério Sul, o avanço de um sistema frontal...

Assembleia Legislativa aprova regras para gratuidade em ônibus

  Deputados estaduais aprovaram nesta quarta-feira (21) o Projeto de Lei Complementar 24/2021, que faz ajustes à Lei Complementar 971/2021....
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Uma das dicas da nutricionista é incluir alimentos como chá de camomila, chá de lavanda, alface, aveia, leite, castanhas, mel, kiwi, peixes, banana e abacate. Foto: Freepik

A boa alimentação é primordial para o desenvolvimento saudável do corpo humano. Com ela é possível beneficiar o rendimento físico e mental e até mesmo melhorar a qualidade do sono. “Durante o sono, o nosso corpo trabalha para manter o equilíbrio do sistema imunológico, endócrino, neurológico e o apetite, por isso é tão importante para a saúde a ligação entre alimentação e sono”, alerta a nutricionista do Viver Bem da Unimed Vitória Aline Sarmento.

A nutricionista explica que existem algumas estratégias para promover o bom sono, e uma delas é incluir alimentos com propriedades para essa finalidade na dieta. Alguns deles são chá de camomila, chá de lavanda, alface, aveia, leite, castanhas, mel, kiwi, peixes, banana e abacate. Os vegetais verde-escuros são ricos em Magnésio, mineral que promove relaxamento mental e físico.

Por outro lado, existem alimentos que devem ser evitados por serem estimulantes do sistema nervoso e grandes responsáveis pelo estresse e a ansiedade, algumas das principais causas de insônia. A dica é evitar bebidas à base de cafeína, chocolate, pimentas e o açúcar refinado adicionado a alguns alimentos industrializados.

Corpo e mente

Além de prejudicar o sono, a má alimentação pode gerar problemas emocionais e orgânicos. Depressão, baixa autoestima, anorexia e a bulimia são alguns exemplos. Outra consequência é o excesso de peso, que provoca alterações no colesterol, queda de cabelo e carência de micronutrientes. Uma alimentação ruim leva o desequilíbrio do da saúde e tem reflexo na longevidade.

De acordo com a nutricionista, é aconselhável fazer exames de rotina para identificar deficiências nutricionais que possam estar prejudicando a saúde. “É necessário um check-up anual com seu médico, fazer exames de sangue, verificar possíveis deficiências nutricionais e corrigi-las. Busque também um nutricionista para adequar sua rotina alimentar saudável dentro da sua individualidade”.

“Comer frutas, verduras e legumes regularmente, evitar alimentos industrializados, fazer exercícios físicos diariamente, não fumar, ter uma boa noite de sono, e ter contato com a natureza, fazem parte de um conjunto de medidas para prevenir diversas doenças”, reforça.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!