24.7 C
Serra
domingo, 28 novembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Além de um corpo magro, o que mais importa?

Leia também

Capixaba mostra tudo e faz a pole em competição nacional entre feras do automobilismo

O capixaba Anaylson Rui, o Liu, mostrou tudo que sabe fazer e foi pole em competição nacional entre feras...

Perfeição da natureza! Tartaruga cabeçuda desova na praia de Jacaraípe | Veja vídeo

  A natureza é perfeita. Na noite da última sexta-feira (26) uma tartaruga da espécie Caretta Caretta encantou quem passou...

Projeto abre mil vagas para cursos profissionalizantes sem mensalidade na Serra

O projeto Juventude Ativa abriu inscrições para mil vagas de cursos profissionalizantes da etapa de dezembro/janeiro de 2022. O...
Jéssika Butcovskyhttps://www.portaltemponovo.com.br
Jéssika Butcovsky é Nutricionista e especialista em Nutrição Esportiva e Estética e Mestre em Nutrição e Saúde. CRN: 14100945

O mundo está ao contrário e ninguém reparou? Você pode não acreditar, mas na minha rotina de trabalho não é incomum ouvir pacientes associando saúde com magreza ou até mesmo felicidade e amor próprio com magreza.

Pessoas que até condicionam suas vidas e seus projetos à magreza.. acha que estou exagerando e quer um exemplo? Alguns: “quando eu emagrecer, eu vou comprar essa roupa” ou “se eu fosse mais magra, eu usaria esse biquíni” ou “quando eu emagrecer, ele vai me enxergar ou me valorizar” e por aí vai.

Não são raras as vezes em que essas pessoas alcançaram ou quase alcançaram esse “corpo dos sonhos” com dietas malucas e restritivas – insustentáveis à longo prazo – ou em situações de muita dor, como término de relacionamento, luto, depressão ou problemas de saúde. SÓ EU VEJO MUITA COISA ERRADA NISSO?

O emagrecimento é plenamente alcançável em muitos desses casos. Porém, num cenário como o descrito acima, eu encorajo muito uma abordagem multiprofissional. Compreendo que apenas a prescrição de um plano alimentar não resolverá porque o problema aqui não é o que comer, mas sim parar de viver em função da comida e do corpo.

Seja grato pelo seu corpo, cuide dele com amor, nutra-o e preserve-o saudável, mas sem obsessão e excessos. Enxergue e reconheça as distintas formas de beleza, mas sem machucar a sua! Olhe para você com você como referência. Não se compare aos outros. Eu sempre digo aos meus pacientes que eles não devem se medir pela régua dos outros, é injusto pois nós somos seres singulares, únicos e incomparáveis.

Não queira APENAS um corpo magro, isso é tão limitado – e definitivamente não é sinônimo de saúde. Queira um corpo forte e bem nutrido, leveza de alma e generosidade no coração.

BUSQUE SAÚDE e mude sim aquilo que não te agrada, ainda que seja algo estético, mas NUNCA torne ser magra um pré-requisito para se amar ou se aceitar como o ser humano incrível e digno de ser amado que você é!

SEJA SAUDÁVEL, FELIZ e LIVRE!

Jéssika Butcovskyhttps://www.portaltemponovo.com.br
Jéssika Butcovsky é Nutricionista e especialista em Nutrição Esportiva e Estética e Mestre em Nutrição e Saúde. CRN: 14100945

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!