24.5 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Vendas de produtos da Páscoa movimentam varejo da cidade

Leia também

Atenção | Acidentes travam trânsito na Serra e congestionamento é gigantesco na BR-101

A volta para casa de motoristas que precisam passar pela BR-101, Norte Sul e outras vias da Serra está...

PIB capixaba cai 12,2% no segundo trimestre, aponta Federação

A economia capixaba teve um recuo de 12,2% no segundo trimestre. O número da estimativa divulgada na última terça-feira...

Com isolamento social despencando, Serra registra três novas mortes e 112 casos de coronavírus em 24h

Sendo a segunda cidade do Espírito Santo com o maior número de casos confirmados e mortes por coronavírus, a...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

Fabiana, do supermercado Dim Dom, espera vendas melhores que 2018. Foto: Fábio Barcelos

Ovos, chocolate, torta capixaba… Está chegando a Páscoa e com ela as tradições de celebração, que incluem pratos típicos e os tradicionais ovos, que representam a ressurreição de Cristo. E o comércio se prepara para atender os clientes e aquecer as vendas em até 80% dos produtos pascais.

Para o sócio-proprietário da Brasil Cacau no shopping Laranjeiras, Jonathas Santos Rodrigues, essa é a melhor época do ano para as lojas de chocolate.

“É nossa melhor data e esperamos que as vendas sejam até 40% maiores que em 2018. Colocamos patinhas de coelho na entrada do shopping, investimos na decoração das lojas, temos chocolates, ovos, coelhos de todo preço. E na Sexta-Feira Santa (19), que é feriado, somente nós e a Cacau Show abriremos”, explica.

No Comercial Mero, em Jacaraípe, o gerente Marcelo Schneider da Silva espera aumento de até 50% nas vendas. “No ano passado, foi meio fraco e as vendas cresceram uns 30%; mas este ano, pelo movimento que se vê, espero que as vendas cresçam uns 50%. Há muita busca pela linha de chocolates de modo geral, além das formas para produções caseiras de ovos e coelhos”, detalha.

A gerente do supermercado Dim Dom, em Morada de Laranjeiras, Fabiana Toztti, diz que este ano foram mais cautelosos. “Esperamos vender mais este ano, mas investimos menos nos ovos de Páscoa, pois no ano passado sobraram muitos. As vendas dos ingredientes usados na tradicional torta capixaba, como bacalhau, palmito, azeitonas e azeite também crescem muito no período”, aponta.

O mercado de peixes, mariscos e frutos do mar também fatura no período e as vendas crescem até 80%, segundo o presidente da Federação Estadual das Associações de Pescadores do Espírito Santo, Manoel Bueno (o Nego da Pesca). “Na semana da Páscoa, as vendas crescem até 80%. Além dos ingredientes da torta capixaba, muita gente faz moqueca”, pontua.

Procon de olho nos supermercados

O Procon da Serra está acompanhando de perto a venda de produtos relacionados à Pascoa para evitar cobranças abusivas ao consumidor e verificar a qualidade dos produtos vendidos, especialmente peixes, mariscos e frutos do mar.

O órgão pede ao consumidor para ficar atento às embalagens dos produtos, data de validade, peso e sempre pedir a nota fiscal. No caso dos produtos frescos, como peixes, frutos do mar e mariscos, vale observar o aspecto e o cheiro.

A fiscalização segue até a Sexta-feira Santa (19) e o consumidor que quiser procurar o órgão pode ir até o Pró-Cidadão, em Portal de Jacaraípe, das 8h às 17h, de segunda à sexta. Ou pelos telefones 3252-7242 ou 3252-7243.

 

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

PIB capixaba cai 12,2% no segundo trimestre, aponta Federação

A economia capixaba teve um recuo de 12,2% no segundo trimestre. O número da estimativa divulgada na última terça-feira (15) pela Federação das Indústrias...

Com isolamento social despencando, Serra registra três novas mortes e 112 casos de coronavírus em 24h

Sendo a segunda cidade do Espírito Santo com o maior número de casos confirmados e mortes por coronavírus, a Serra registrou, em apenas 24...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!