22.7 C
Serra
terça-feira, 11 de agosto de 2020

Veja os bairros onde mais se pega dengue na Serra

Leia também

Retorno das aulas presenciais preocupa autoridades do Estado

Autoridades políticas criticam o anúncio do governo do Estado de que deve retornar as aulas, após o período de...

Opinião: professora diz que retorno às aulas é irresponsabilidade e vai expor profissionais e alunos ao coronavírus

* Fabíola dos Santos Cerqueira | Professora de Sociologia da rede estadual * Hilton Dominczak | Sociólogo Nos últimos cinco meses, desenvolvemos Pesquisas...

Vereadores da Serra adiam votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)

Após entrar em pauta para votação nesta segunda-feira (10), o projeto de lei contendo a Lei de Diretrizes Orçamentárias...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Dengue e zika são transmitidas pelo Aedes aegypti. Foto: Divulgação

A dengue já infectou 3.054 pessoas na Serra durante os quatro primeiros meses deste ano. Apesar dos números serem menores do que os registrados em 2019, quando no mesmo período, tinham sido 6.082 casos, a Prefeitura da Serra segue intensificando o combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue e também da zika e da chikungunya. O TEMPO NOVO fez o levantamento de quais bairros possuem mais registros da doença na cidade (lista no final da matéria).

A Serra, assim como muitos outros municípios brasileiros, viveu um grave surto de dengue no ano passado. Este ano, o Ministério da Saúde chegou a colocar a cidade em alerta para a possibilidade de um novo aumento nos casos da doença. Segundo o ministério, os casos devem voltar a aumentar durante os próximos meses deste ano e pode haver um novo surto.

Tentando conter a expansão da doença, a Prefeitura da Serra continua com as ações de combate à dengue. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde outubro de 2019, a prefeitura vem desenvolvendo ações de educação e mobilização social junto com comunidades, empresas e escolas do município. Por meio de nota, o Município ainda informou que essa redução nos números aconteceu devido essas ações e atividades.

Ao TEMPO NOVO, a Secretaria Municipal de Saúde informou que os bairros com mais registros de dengue este ano são: São Domingos, Campinho da Serra I, Nova Almeida Centro, Taquara II, Jardim Primavera, Civit II, Ourimar, Taquara I e Laranjeiras Velha. Felizmente, este ano, não houve nenhum óbito pelas doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. No ano passado, foram 11 mortes causadas pela dengue.

“Acreditamos que essas ações somadas às atividades de visitas domiciliares, monitoramento e fiscalização dos pontos estratégicos (borracharias, cemitérios, entre outros), realização de bloqueios, atendimento em tempo oportuno do disque dengue, mutirão de limpezas, entre outras, contribuíram de forma eficaz para o controle do Aedes aegypti.”

Em 2019, foram registrados 138 casos de zika e 115 de chikungunya. Neste ano, até o presente momento, foram notificados 30 casos suspeitos de zika e apenas 1 confirmado;  e 364 casos suspeitos de chikungunya e 44 casos confirmados. Não ocorreu óbito por zika e chikungunya em 2020 e até o presente momento.

Veja a lista de bairros com maior número de casos de dengue:

  • São Domingos;
  • Campinho da Serra;
  • Nova Almeida Centro;
  • Taquara II;
  • Jardim Primavera;
  • Civit II;
  • Ourimar;
  • Taquara I;
  • Laranjeiras Velha.
Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Opinião: professora diz que retorno às aulas é irresponsabilidade e vai expor profissionais e alunos ao coronavírus

* Fabíola dos Santos Cerqueira | Professora de Sociologia da rede estadual * Hilton Dominczak | Sociólogo Nos últimos cinco meses, desenvolvemos Pesquisas com alunos do Ensino Médio...

Vereadores da Serra adiam votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)

Após entrar em pauta para votação nesta segunda-feira (10), o projeto de lei contendo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021 foi retirado da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!