• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.4 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Vacinação zera mortes nas instituições de longa permanência para idosos na Serra

Leia também

ES é o sexto estado que mais vacinou contra a gripe no Brasil

Mais de 12% do público-alvo que deve receber a vacina contra a gripe já foi imunizado no Espírito Santo....

Lixão em Novo Porto Canoa tira sono de moradores que pedem providência

Um imenso lixão está se formando na Avenida Amazonas, em Novo Porto Canoa, no terreno que fica em frente...

Festival apresenta 12 atrações musicais capixabas de diferentes estilos e linguagens

Doze atrações musicais capixabas com performances que entregam grito por diversidade e liberdade. E mais: dança, rock, fala, hip...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Idosa moradora do município recebendo vacina contra Covid-19: após imunização dos internos e funcionários, zeraram as mortes nas instituições de longa permanência, mais conhecidas como asilos. Foto: Divulgação Prefeitura/Leonardo Quarto

Desde que a 2ª dose da vacina para o novo coronavírus foi aplicada nos 285 idosos distribuídos nas 20 instituições de longa permanência localizadas na Serra e em seus respectivos funcionários, nenhuma morte pela Covid-19 foi registrada nesses espaços. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (27) pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesa).

De acordo com a Sesa, antes da campanha de vacinação 23 idosos internos e um funcionário morreram pela doença. Nesse tempo, 104 casos da Covid-19 foram confirmados em internos e 70 entre funcionários.

A Sesa acrescenta que as 20 instituições – algumas são filantrópicas e outras privadas –  continuam em monitoramento pela Atenção Primária. Disse ainda que mesmo após a vacinação, as mesmas seguem adotando os protocolos sanitários elaborados pela OMS, pelo Governo do Estado e município para o combate à pandemia.

Por fim, ressalta que todas as instituições de longa permanência de idosos possuem um plano de contingência elaborado em conjunto com os órgãos de saúde municipais, onde estão organizados os fluxos para o controle, prevenção e tratamento dos casos suspeitos e confirmados da Covid-19.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!