22.6 C
Serra
domingo, 05 de julho de 2020

Usuário espera até quatro horas no Ciretran de Laranjeiras

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Usuários aguardavam no sol a abertura do Ciretran na manhã da última quarta (24). Foto: Joatan Alves
Usuários aguardavam no sol a abertura do Ciretran na manhã da última quarta (24). Foto: Joatan Alves

Joatan Alves

Quatro horas. É o que chegam a esperar moradores do município que precisam renovar a carteira de motorista ou ter acesso a outros serviços do Ciretran de Laranjeiras. Longas filas são comuns no local, o que tira a paciência dos usuários.

Uma deles é Ademir Artur, que disse ter ficado cerca de quatro horas para conseguir fazer uma transferência de veículo. Isto na 2ª tentativa de fazer o serviço, pois na 1º vez Artur simplesmente desistiu por não ter tanto tempo disponível no horário comercial de um dia útil naquela ocasião.

“Só consegui fazer a transferência na segunda. A primeira vez demorou muito e não pude esperar por causa de outros compromissos. Só fica dois funcionários para atender e um monte de guichês vazios”, reclama Artur.

Já Wilsomar Nogueira conta que para resolver um problema em sua habilitação, precisou chegar às 06h 30 para garantir uma das primeiras vagas na fila. “Se chegar às 9h, horário que abre o Ciretran, você perde o dia de serviço, pois demora demais. Eu já tinha tentado resolver a situação antes, mas chegando às 9h, mas a fila tinha mais de 100 pessoas. O jeito é chegar bem cedo e esperar em pé, no sol ou na chuva”, relata.

Outra que ficou a esperar pelo atendimento foi Juliana Souza, que diz ter perdido toda a manhã para resolver a transferência de seu veículo. “Tive que deixar minha filha com minha vizinha para não ficar com ela debaixo do sol”, reclama.

Através da assessoria de imprensa, o Detran/ES informa que trata-se de uma situação pontual e que o Ciretran da Serra está em fase de readequação e nova capacitação dos servidores. O órgão pede a compreensão dos usuários neste período.

 

 

 

 

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!