• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
24 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados

Prefeitura prevê que aulas de escolas da Serra serão retomadas em março

Leia também

Festival Voadora terá 12 shows autorais com destaques da música capixaba  

Cento e oitenta e seis projetos foram inscritos para o processo de seleção do Festival Voadora, cujas apresentações acontecem entre...

Detran implanta exame teórico digital na Ciretran Serra Sede e facilita vida de moradores

O município da Serra receberá mais uma Sala de Exames Teóricos digital do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito...

Vereador defende regulamentação do serviço de mototáxi na Serra

  Por meio do Projeto Indicativo de Lei 43/2021, o vereador Pablo Muribeca (Patriota) defende a regulamentação do serviço de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Aulas presenciais serão retomadas em março. Foto: Jansen Lube | Acervo Secom

A Secretaria de Educação da Serra, sob comando de Alessandro Bermudes, está querendo retornar as aulas de escolas da cidade em março deste ano. A previsão foi divulgada no final da tarde desta terça-feira (26), mas o Município ainda estuda se esse retorno será totalmente presencial, on-line ou em modelo híbrido – quando parte dos estudantes vão às escolas e outros estudam de suas residências. Até o momento, o mais provável é que as atividades sejam realizadas de forma presencial, mas com medidas de segurança.

Na Serra, as aulas estão suspensas desde março de 2020, quando ocorreu o agravamento da pandemia de coronavírus no Espírito Santo e demais estados brasileiros. Por muitos meses, os estudantes ficaram sem nenhum suporte educacional e, apenas nos últimos meses do ano, a prefeitura – na gestão do ex-prefeito Audifax Barcelos (Rede) – começou a distribuir atividades impressas para os alunos.

Neste ano, as aulas estavam previstas para serem retomadas em fevereiro, assim como o calendário do governo do Estado, mas a Secretaria de Educação da Serra avaliou que precisa capacitar os profissionais da educação para o ‘novo normal’ dentro das escolas e também reformar algumas unidade escolares, que estão em situação precária. Em conversa com o TEMPO NOVO, o titular da Educação, Alessandro Bermudes, explicou que serão necessários ajustes em 8 creches e 7 escolas.

Essa preparação deve ser finalizada antes de março, quando pode ocorrer a volta às aulas. De acordo com a Prefeitura da Serra, já foram adquiridos equipamentos para garantir a segurança de todos no ambiente escolar nesse momento de pandemia, como álcool em gel e máscaras, que já começaram a ser distribuídos. Além disso, desde o início do ano, a Sedu vem realizando vistorias técnicas para identificar a situação dos prédios.

Matrículas abertas para novos alunos

Nesta terça-feira (26) foi aberto, pela Secretaria de Educação, o período de matrícula para alunos vindos da rede pública de ensino de outros municípios e da rede privada, além daqueles que não participaram da chamada pública, ou que perderam o prazo da matrícula e ainda os que precisam de transferência.

Para realizar a matrícula, o pai ou responsável pelo estudante precisa ir até a escola desejada e fazer o cadastro. Dúvidas sobre o processo podem ser tiradas pelo telefone: 3291-5955.


CORREÇÃO: Diferente do que foi informado anteriormente, a Prefeitura da Serra não decidiu que as aulas voltarão em março, mas prevê que o retorno aconteça nesta data. A matéria foi atualizada às 16h30 com as devidas correções.



Atualização (29 de janeiro de 2021, às 10 horas):

Após a publicação da matéria, a assessoria de imprensa do ex-prefeito, Audifax Barcelos, entrou em contato com o TEMPO NOVO afirmando que não concorda com o trecho sobre falta de assistência aos alunos na pandemia durante o ano passado.

Por isso, enviou uma nota onde afirma que de abril a junho, a gestão do ex-prefeito disponibilizou as atividades em uma plataforma on-line. De acordo com eles, “isso ajudou alunos e familiares a navegarem com facilidade pelas sugestões de atividades escolares, leituras, jogos pedagógicos, áudio books e vídeos com dicas para toda a família”.

“A partir de julho, as atividades passaram a ser distribuídas de modo impresso para que todos os estudantes tivessem acesso. Em novembro, foram distribuídos mais de 110 mil cadernos com atividades pedagógicas, com o objetivo de ajudar o aluno a acumular carga horária para fechar o ano letivo de 2020”, diz o texto.

É importante lembrar que a reclamação de falta de assistência durante a pandemia aos alunos da Serra foi feita diversas vezes por pais, responsáveis e professores, que entraram em contato com o TN durante o ano passado. 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!