22.1 C
Serra
quarta-feira, 08 de julho de 2020

Time serrano de handebol disputa torneio universitário no Tancredão

Leia também

Com 278 novos casos em 24 horas, Serra já registra 8.520 moradores infectados pela Covid-19

Continua subindo diariamente o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. Sendo a segunda cidade com mais confirmações...

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O time do Handlaranjeiras é treinado por Nancy Ibañez. Foto: divulgação

Começa na próxima segunda-feira (29) e segue até o dia 03 de junho, os jogos da Liga do Desporto Universitário de Quadras e Tênis. Organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitária, os esportes em disputa serão o basquetebol, futsal, handebol, vôlei e o tênis. E deles, um ganha destaque, o handebol, que terá o time do HandLaranjeiras representando a Serra, através da Faculdade Fabra.

Com participações de times do Mato Grosso, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás, o time da treinadora Nancy Ibañez terá um caminho difícil pela frente. “Estamos treinando duro com os atletas. É muito difícil, ainda mais sem o apoio do poder público e de poucas empresas. Eu acredito em projetos sociais, pois tiramos os jovens da rua, dando a chance deles chegarem a patamares bem altos, tanto no esporte, quanto em outras atividades”, conta ela.

Atuais campeões do Junes 2016, o time que saiu de um projeto social não terá vida fácil, e o atleta Lucas Ferreira Neves fala do desafio. “Estamos trabalhando cada dia mais para continuar melhorando, vamos para cima com muita força”, conta ele.

No ritmo e no time desde 2009, o outro atleta, Emanuel Coutinho Cosme destaca que o treinamento é duro. “Isso é para chegar cada dia mais longe”.

O preparador físico do time, Fernando Matos também. “A expectativa é grande, vamos enfrentar times que tem alto nível técnico, mas não vamos desistir, os treinos mais fortes são para fortalecer nesses momentos”.

O time que representa a Serra, através da Faculdade Fabra, tem apoio também da Boate Why? Club. E para atrair mais ajuda, o gerente da boate, Eglisson Cardoso Santos, incentiva. “Você conhece algum projeto social? Já ajudou algum? Faça como nós da Why, ajude um projeto como esse. Podemos ajudar a diminuir a criminalidade e tirar pessoas dos riscos da rua”, completa.

Comentários

Mais notícias

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de pessoas curadas da Covid-19. De...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter altos casos fatais dentro do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!