22.3 C
Serra
segunda-feira, 03 de agosto de 2020

Serra ultrapassa 10 mil casos confirmados e já possui 414 óbitos por coronavírus

Leia também

Opinião: Mulheres na política em busca de representatividade

ARTIGO DE OPINIÃO DE AUTORIA DE ALEXSANDRA VERTUANI A luta pelos direitos das mulheres vem progredindo não só no Brasil,...

Bruno Lamas afasta dúvidas e garante que vai disputar a Prefeitura da Serra

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) garantiu que a sua decisão de disputar a Prefeitura da Serra no próximo...

Vale promove testagem em massa no Pará, porque não fazer na Grande Vitória também?

Uma ação da Vale realizada na cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará, está entre as iniciativas sociais mais...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em Parque Residencial Laranjeiras, o fluxo de pessoas foi intenso na última semana. Foto: Ana Paula Bonelli

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de 10 mil moradores infectados e registrou 414 mortes causadas pela Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 176 novas confirmações e mais quatro pessoas que perderam a batalha contra o vírus. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e são válidos até as 17 horas desta quarta-feira (29).

No entanto, o número de casos e óbitos diários é bem menor do que os que eram registrados na fase mais crítica da pandemia, que ocorreu nos meses anteriores. Apesar disso, a preocupação continua, já que vidas continuam sendo ceifadas pela Covid-19. No total, já são 10.141 infectados, 414 moradores mortos e 8.398 pacientes curados na cidade.

Sobre os casos curados, segundo os dados divulgados pelo Governo do Estado, dos 10.141 pacientes da Serra que foram atingidos pelo vírus, 8.398 já estão curados. Isso representa quase 80% dos casos confirmados. Mesmo com as boas notícias, o Governo do Estado pede que a população continue respeitando as orientações: evitar aglomerações, usar máscara ao sair de sua residência, e se possível, ficar em casa.

Mas o que acontece na realidade é bem diferente. Pelas ruas da cidade, o fluxo de pessoas é grande, principalmente nos dias de semana – quando o comércio está aberto. Já nos terminais, onde é uma missão quase impossível manter o distanciamento social, os ônibus estão saindo lotados todos os dias. Quem precisa trabalhar e depende do transporte público, precisa enfrentar a situação diariamente.

Em todo o estado já foram confirmados 79.468 casos, 2.462 mortes e 62.870 pessoas já curadas da Covid-19. Vale destacar que o Espírito Santo é um dos estados brasileiros que estão em fase de estabilização da pandemia, mas a situação ainda é preocupante no interior capixaba. Na Grande Vitória, a diminuição na taxa de ocupação de leitos, fez com que o Governo do Estado liberasse o funcionamento total do comércio em dias de semana e abertura de restaurantes aos sábados.

Na Serra, o bairro com o maior número de óbitos é Feu Rosa, que já possui 23 moradores mortos pelo coronavírus. Em seguida no ranking vem: Bairro das Laranjeiras (21), Nova Carapina I (18), Vila Nova de Colares (18), Morada de Laranjeiras (16), Planalto Serrano (16), Parque Residencial Laranjeiras (15), Jardim Limoeiro (13) e José de Anchieta (13). A taxa de letalidade no município é de 4,08%.

Feu Rosa também lidera o número de casos confirmados na cidade, com 429 confirmações. Em seguida vem: Colina de Laranjeiras (424) e Morada de Laranjeiras (362).

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Bruno Lamas afasta dúvidas e garante que vai disputar a Prefeitura da Serra

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) garantiu que a sua decisão de disputar a Prefeitura da Serra no próximo dia 15 de novembro não...

Vale promove testagem em massa no Pará, porque não fazer na Grande Vitória também?

Uma ação da Vale realizada na cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará, está entre as iniciativas sociais mais bem sucedidas na luta contra...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!