16.1 C
Serra
segunda-feira, 01 de junho de 2020

Serra prepara manifesto contra fim de UTI infantil no Dório Silva

Leia também

Mais de 200 mil capixabas já tiveram Covid-19, diz 2ª fase do Inquérito Sorológico

O governador Renato Casagrande anunciou em suas redes sociais que 206.559 mil pessoas já contraíram Covid-19 no Espírito Santo,...

Serra fecha maio com 2.508 casos confirmados e 157 mortos por coronavírus

O mês de maio chegou ao fim com muitos casos confirmados e mortes causadas pela Covid-19 na Serra. De...

Mais cinco moradores da Serra morrem por coronavírus

Em apenas 24 horas, a Serra registrou cinco novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Por Anderson Soares e Clarice Poltronieri

Mobilização na internet convoca funcionários e usuários para ato amanhã às 7 horas na BR101 em frente ao Epa em Laranjeiras. Foto: Divulgação
Mobilização na internet convoca funcionários e usuários para ato amanhã às 7 horas na BR101 em frente ao Epa em Laranjeiras. Foto: Divulgação

O Governo do estado confirmou que a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) do Hospital Dório Silva será transferida para o Hospital e Maternidade Infantil de Vila Velha (Himaba). Mas negou que os demais atendimentos pediátricos serão extintos do Dório Silva.

Uma mobilização nas redes sociais convoca funcionários e usuários a protestar contra a medida nesta sexta (27), às 07hs, na BR 101, em frente à entrada para Laranjeiras. A convocação propõe que os manifestantes caminhem pela avenida Civit até o hospital.

A Utin do Hospital Dório Silva atende a pacientes da Serra e de outros locais do estado com 26 leitos, sendo 16 para alto risco e 10 para médio risco. A diretora do Sindicato dos Trabalhadores na Saúde no Espírito Santo (Sindsaúde-ES),  Magda Nery Manoele criticou a decisão do Governo. “Não fomos consultados sobre as mudanças e o encerramento dessas atividades no hospital representa perda para as crianças da Serra”.

A coordenação da Utin informou que 80% dos leitos do Dório são ocupados por bebês da Serra, oriundos do Hospital Jayme dos Santos Neves e da Maternidade de Carapina, o que justificaria sua permanência no local.

A medida também foi criticada pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara da Serra, o vereador Aécio Leite (PT), que recebeu apoio dos colegas de plenário durante a sessão da última quarta (26).

Segundo a diretora geral do Hospital Dório Silva, Sônia Dalmolin, a transferência vai ocorrer porque um estudo aponta viabilidade para levar os leitos para o Hospital de Infantil de Vila Velha, que é referência estadual de atendimento na área materno-infantil. Com isso, Sônia disse que haverá mais qualificação no atendimento.

Leitos para adultos
Sônia Dalmolin afirma ainda que a transferência da Utin vai abrir 39 leitos para adultos e que o objetivo é que o Dório tenha cada vez mais foco no paciente adulto. Sobre o setor de Pediatria, que possui 21 leitos no hospital, disse que será mantido e que não há intenção de transferi-lo no momento, pois a demanda é grande.

A data da transferência da Utin não foi divulgada porque o estudo de viabilidade técnica não foi concluído.

 

Comentários

Mais notícias

Serra fecha maio com 2.508 casos confirmados e 157 mortos por coronavírus

O mês de maio chegou ao fim com muitos casos confirmados e mortes causadas pela Covid-19 na Serra. De acordo com a última atualização...

Mais cinco moradores da Serra morrem por coronavírus

Em apenas 24 horas, a Serra registrou cinco novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!